Cidade

Nível do Sistema Cantareira sobe pelo 18º dia consecutivo

O complexo opera com 26,3% de sua capacidade no domingo (20); no dia anterior, o volume era de 15,9%

Por: Estadão Conteúdo

Sistema Cantareira
Represa Jaguari, do Sistema Cantareira (Foto: Folhapress)

O nível de água dos reservatórios do Sistema Cantareira, considerado o principal manancial de abastecimento da capital paulista e da Grande São Paulo, subiu pelo 18º dia consecutivo.

Segundo informações da Companhia de Abastecimento Básico do Estado de São Paulo (Sabesp), o Sistema opera com 26,3% de sua capacidade neste domingo (19). No dia anterior, o volume era de 15,9%.

+ Medo do mosquito Aedes aegypti provoca correria por repelentes

Essa porcentagem considera as duas cotas do volume morto como se fossem volume útil do sistema. Nas últimas 24 horas, o Sistema Cantareira captou 22,9 milímetros de águas das chuvas. Em dezembro, a pluviometria acumulada é de 165,8 milímetros de águas. O Cantareira é responsável por abastecer 5,2 milhões de pessoas.

Dos outros cinco sistemas de abastecimento administrados pela Sabesp, quatro também tiveram aumento do nível dos reservatórios e um permaneceu estável. O Sistema Alto Tietê está hoje com 21,5% da sua capacidade, contra 21,0% do volume registrado no sábado. O Sistema Guarapiranga opera com 86,1% do seu volume total, 0,6 ponto porcentual acima do registrado ontem.

O Sistema Alto Cotia teve o volume elevado de 77,2% para 79,0% de ontem para hoje. O Rio Grande subiu de 98,3% para 99,0%. Já o Sistema Rio Claro ficou com o nível dos reservatórios estável nas últimas 24 horas, em 69,4% de sua capacidade.

Fonte: VEJA SÃO PAULO