Memória

Sino histórico volta a funcionar no Palácio das Indústrias

Peça histórica de 1922 ficou três meses em reforma

Por: Maurício Xavier

  • Voltar ao início

    Compartilhe essa matéria:

  • Todas as imagens da galeria:

Restaurado durante três meses a um custo de 20 000 reais, o sino do Palácio das Indústrias voltou a funcionar em agosto no campanário do histórico prédio no Parque Dom Pedro II. A peça, de 500 quilos, avariada fazia vários anos, ganhou um mecanismo eletromecânico para regular o ritmo de suas badaladas.

+ Alex Atala e Helena Rizzo fritam pastéis em festival

+ Sé é o bairro com mais lixeiras depredadas

O artefato foi fabricado em 1922 pela Fundição Artística Paulistana, empresa criada em 1898 pelo imigrante italiano Angelo Angeli. Já o Palácio das Indústrias, projetado e erguido pelo escritório Ramos de Azevedo entre 1911 e 1924, foi concebido para receber exposições em seus 8 000 metros quadrados.

+ Pesquisa mostra a relação dos usuários com a tecnologia

+ Aplicativo incentiva a interação da plateia em show de humor

Ao longo do século passado, no entanto, perdeu sua função original, sendo usado por delegacias de polícia e até como sede da Assembleia Legislativa e da prefeitura. Tombado em 1982 pelo Condephaat, o conselho estadual de preservação do patrimônio histórico, o imóvel, desde 2009, abriga o museu Catavento.

Fonte: VEJA SÃO PAULO