Gente

Silvio Santos diz "não lembrar de nada" sobre banco Panamericano

Apresentador depôs como testemunha de defesa em ação sobre rombo bilionário na instituição financeira, que já lhe pertenceu

Por: Veja São Paulo

  • Voltar ao início

    Compartilhe essa matéria:

  • Todas as imagens da galeria:

O apresentador Silvio Santos demonstrou bom-humor ao chegar ao prédio da Justiça Federal em São Paulo nesta terça-feira (19) para depor como testemunha de defesa de um dos réus na ação criminal sobre o banco Panamericano, instituição financeira que já pertenceu a ele.

 

Antes de entrar para a audiência, questionado sobre quem seria o responsável pelo rombo de 4,3 bilhões de reais, respondeu: “Sei lá, tem que perguntar para a polícia. Não sou policial”.

Durante o depoimento para o juiz Marcelo Costenarfo Cavali, Silvio Santos afirmou que sempre lhe diziam que o banco “era uma maravilha”.

O apresentador não respondeu a nenhuma das perguntas feitas pelo magistrado. Em certa ocasião afirmou ao juiz: “Tenho memória fraca. Não me lembro de nada”.

Silvio Santos foi chamado como testemunha de defesa de Cláudio Barat Sauda, um dos 17 acusados de crime contra o sistema financeiro nacional.

Fonte: VEJA SÃO PAULO