Astrologia

Confira as previsões de trabalho e finanças para seu signo

Astróloga Andreia Modesto fala sobre o que os astros reservam para este ano 

Por: Andreia Modesto, especial para VEJASP - Atualizado em

Carreira
(Foto: Image Source/Folhapress)

Touro, Virgem e Capricórnio, em teoria, possuem maiores chances de uma boa construção na vida financeira. Isso porque são signos que não dão muito espaço para as fantasias ou as superstições. Não ficam esperando que a fortuna venha por golpe de sorte, mas trabalham com firmeza e coerência para que ela seja consequência de um trabalho bem realizado.

São persistentes, confiantes, sabem que é preciso tempo para conseguir um bom patrimônio. São signos seletivos em relação ao modo como se usa o dinheiro, não gostam de gastar se não for realmente necessário.

Astróloga fala sobre como são os signos nos relacionamentos amorosos

São os três signos do elemento terra, são mais conscientes de que não é possível dar um passo maior do que a perna. Evitam grandes riscos e acabam conquistando a segurança porque não desistem. Com uma visão prática e realista da vida, são capazes de evitar dívidas e organizam as finanças comprando à vista e obtendo descontos.

Mesmo em épocas de crise como a que vivemos, esses signos costumam saber aproveitar as chances de investimento. Não gostam de viver sem uma reserva e, por isso, como o “dinheiro atrai o dinheiro”, conseguem encontrar boas oportunidades.

2016 – carreira e finanças:

Touro: Sobre trabalho, pode existir um reconhecimento profissional se Touro se mostrar mais adaptável ao que as empresas ou o mercado exige. Necessidade de se modernizar, estudar idiomas e ser mais criativo. Pode tornar-se autônomo ou ir construindo uma situação profissional nova em paralelo à carreira principal. Nas finanças pode resolver questões de herança ou partilha de bens, caso existam.

Virgem: Boas chances com um empurrãozinho do destino. Devem cuidar da saúde para terem vitalidade necessária para tocar novos empreendimentos. Favorecimento para os virginianos ligados à área da educação, conhecimento. Chance de construírem uma situação financeira mais tranquila com compra de terreno e ou casa.

Capricórnio: Não deve permitir que questões pessoais ou afetivas consigam tirar o seu foco do trabalho. Necessidade de cuidar da saúde e ter disponibilidade para viajar mais a trabalho. Hora de compreender que não deve se apoiar somente na sua capacidade técnica, mas também nos relacionamentos. A orientação é para cultivar mais relacionamentos, um número maior de relações dentro do trabalho, ter uma rede de contatos maior.

Astróloga faz as previsões de cada signo para 2016

Áries, Leão e Sagitário são signos do elemento fogo. Entusiasmados e nem sempre são tão prudentes quanto os três signos do elemento terra. Dos três, Leão é o mais organizado com o dinheiro, o mais estratégico, embora possa gostar de alguns luxos. Mas, pelo menos, se organiza para isso. Áries e Sagitário podem literalmente, dar um passo maior do que a perna. O entusiasmo pode fazer com que se comprometam e façam dívidas. Sagitário é um signo associado à boa sorte. Muitas vezes ganha prêmios ou consegue ter oportunidades que outros não conseguem. Leão também pode crescer profissionalmente com mais rapidez do que outros signos e viver situações que parecem caídas do céu. Áries é mais afoito e muitas vezes, age primeiro e pensa depois. Na vida financeira  Áries pode ter altos e baixos, porque costuma acreditar em alguns projetos que depois não se confirmam como investimentos tão rentáveis.

2016 - carreira e finanças:

Áries: Recebe influências tensas e outras mais positivas. Viradas radicais na carreira e por isso precisa ficar mais atento. Deve traçar uma estratégia com base em novos estudos e não pode resistir às mudanças. É preciso agir rapidamente sem fazer grandes exigências a curto prazo. Ir adaptando-se e conseguindo se manter ocupado.

Leão: Se existir pressão no dia a dia de trabalho, deve evitar confrontos. Pode pensar em uma mudança profissional de médio e longo prazo. Melhoras financeiras e definição de novos rumos, com mais entusiasmo. Necessidade de absorver novas tecnologias para se sentir mais seguro no trabalho. Trabalhos voluntários, interesses pelas questões de meio-ambiente poderão marcar uma nova carreira mais à frente.

Sagitário: Controle sobre a carreira. Reconhecimento e expansão. Hora de plantar boas sementes. Na vida financeira, precisa de cautela. O melhor é saldar dívidas, evitar fazer novas e conseguir ter um planejamento de poupança a partir de agora, pensando no futuro. Se trabalhou com afinco até agora, poderá existir algum tipo de promoção e melhorias.

Astróloga explica o que é sinastria e fala sobre combinação dos signos

Gêmeos, Libra e Aquário são signos do elemento ar. Inquietos intelectualmente e que não costumam ter muita paciência para administrar o dinheiro. Querem transformá-lo em livros, computadores, viagens, eventos, mas são inteligentes e têm uma capacidade de comunicação imensa, o que ajuda muito no mundo de agora, onde todas as pessoas precisam saber se comunicar. Normalmente possuem uma rede de contatos que ajuda muito, não somente a terem boas oportunidades profissionais, mas também financeiras. Por isso, ficam pouco tempo desempregados, além do fato de que sabem se adaptar às novas situações e lidam bem com as fases de mudança. Acabam se distraindo e acreditam que estão sempre aprendendo coisas novas.

2016 – carreira e finanças:

Gêmeos: Pode viver mudanças profissionais, mas dificilmente ficará desempregado muito tempo. Por estar numa fase de transição, é bom evitar gastos financeiros, a menos que invista em novos estudos. Poderá ser convidado por algum ex-chefe para retomar um trabalho antigo ou vir a trabalhar com ex-colegas. Deve evitar envolver-se em sociedades.

Libra: Um empurrãozinho da vida. Libra está mais autoconfiante e poderá ter sucesso em concursos ou montar o seu próprio negócio, mas sem sócios. Está num momento novo de vida onde existe um pouco de sorte. Bom momento para as finanças, sendo previdente. É momento de romper definitivamente com a insegurança e o fato de ser influenciável por outras pessoas.

Aquário: Muito cuidado com a saúde e com o dinheiro. Hora de mostrar maturidade. Não falta inteligência, mas precisa de foco e metas bem definidas, de curto, médio e longo prazo. Muitas viagens e possibilidade de trabalhar em outra cidade ou até em outro país. Deve valorizar parcerias, mas fugir das sociedades. Deve conseguir exercer sua autoridade com mais segurança e sem se importar tanto em agradar às outras pessoas.

Câncer, Escorpião e Peixes são signos do elemento água: São afetivos e amorosos, normalmente desligados da importância do dinheiro. Câncer e Escorpião podem mostrar uma habilidade maior, mas Peixes muitas vezes deixa o dinheiro escorrer pelos dedos. Escorpião é oito ou oitenta, às vezes acumula e depois é capaz de viver gangorras financeiras. Mas são signos associados à sorte, sendo signos de herança, embora Escorpião possa herdar fortuna ou herdar dívidas. No trabalho, precisam estar completamente envolvidos com o que fazem. Se não existir envolvimento e motivação verdadeira, não conseguem progredir. Nem sempre se mostram ambiciosos, muitas vezes se contentando em ajudar às outras pessoas e sem conseguirem o reconhecimento que merecem.

2016 – finanças e carreira:

Câncer: Mudanças profissionais grandes. É preciso muito cuidado e atenção. Necessidade de mostrar muito jogo de cintura, adaptabilidade  e uma coragem maior. Deve fugir de sociedades e evitar investimentos financeiros com riscos. Chance de mudar de cidade ou país em função de trabalho. Muitas novidades e novas metas de futuro de carreira.

Escorpião: Obtém mais controle sobre as finanças. Investimentos prudentes, conservadores, de médio e longo prazo. Aprimora-se na comunicação para vencer a timidez. Obtém conhecimentos técnicos para aplicar no dia a dia de trabalho. Melhor fase no final de 2017, pode começar a plantar boas sementes agora para colher na virada de 2017 para 2018, tanto no sentido financeiro como profissional.

Peixes: Ciclo novo profissional podendo contar com o apoio de amigos e colegas de trabalho. Estudos e novo direcionamento podendo fazer as coisas como realmente gosta. Mas, é preciso cuidado com os investimentos financeiros. Melhor usar a criatividade do que investir muito dinheiro em novos projetos. Boas parcerias que poderão evoluir para sociedades ou não.

Fonte: VEJA SÃO PAULO