intensivo

Medalhões da MPB ocupam palcos paulistanos

Ainda há ingressos para ver Gal Costa e Milton Nascimento no HSBC Brasil

Por: Redação VEJASAOPAULO.COM - Atualizado em

Milton Nascimento
O cantor e compositor Milton Nascimento (Foto: Divulgação)

Confira apresentações de música popular brasileira que estão com ingressos à venda:

  • Seu 31º disco, Estratosférica, tem composições de Mallu Magalhães, Céu e Criolo. Ela mostra sua versão roqueira em Sem Medo Nem Esperança e cai no romantismo com Quando Você Olha para Ela. De 2 a 5/6/2016.
    Saiba mais
  • Todos os detalhes do espetáculo Verdade, uma Ilusão, que promove o álbum O que Você Quer Saber de Verdade (2011), são bem executados. Nada parece sair do controle da cantora carioca. Ela ensaia alguns passos de dança durante Ainda Bem, lembra Cássia Eller ao interpretar (pela primeira vez ao vivo) ECT e demonstra a técnica vocal impecável ao longo do repertório de 24 canções. De trás de uma tela que recebe projeções deslumbrantes, deixa fuir os primeiros versos de Blanco, seguido pela faixa-título do disco e por Descalço no Parque. Além da ótima banda, a cenografia tem papel primordial no show. Elaborada por artistas plásticos contemporâneos, dialoga (de maneira direta ou não) com cada música. Em Depois, por exemplo, a caligrafa de Arnaldo Antunes é sobreposta a um vídeo de Janaina Tschäpe. A beleza está no fato de as projeções não sobressaírem ao brilho de cada faixa. Dias 6, 7, 8, 20 e 21/9/2013. Atenção: A temporada da cantora na casa de shows ganhou mais duas datas: 20 e 21 de setembro. A venda de ingressos começa no dia 7/9. 
    Saiba mais
  • Os fãs de Milton Nascimento levaram recentemente alguns sustos. Em agosto, o cantor de 72 anos declarou que não estava se sentindo bem e, subitamente, precisou deixar o palco do HSBC Brasil enquanto se apresentava ao lado de Criolo. Dois meses depois, o astro teve de ser internado no Instituto do Coração para um cateterismo. O exame descartou a necessidade de uma intervenção cirúrgica, e Milton foi orientado a cuidar melhor da alimentação e praticar atividade física, de forma a controlar o diabetes. Com um novo mal-estar, ele acabou mais uma vez no hospital em dezembro, após retornar de uma turnê nos Estados Unidos. Aparentemente recuperado, ele volta a São Paulo para a estreia do espetáculo Tarde, homônimo da faixa que encerra o lado A do LP Milton Nascimento, lançado em 1969. A proposta é mostrar releituras de músicas como Ponta de Areia e de canções há muito não interpretadas por ele, caso de Cuitelinho e Nada Será Como Antes, conhecida na voz de Elis Regina. Quem divide o palco com o cantor são os irmãos Wilson (violão de sete cordas e viola caipira), diretor musical da banda de Milton desde 1993, e Beto Lopes (violão de sete cordas).  Dias 17 e 18/1/2015.
    Saiba mais
  • Prestes a completar 75 anos, Ney Matogrosso é um dos artistas brasileiros que podem se orgulhar por não soar ultrapassado depois de tantos anos na estrada (no caso dele, já são mais de quarenta anos). Aliás, muito pelo contrário, ele mantém a forma e a energia. Esta turnê, baseada no álbum Atento aos Sinais, tem shows vibrantes e repertório moderno com faixas de novos nomes da música nacional, caso de Freguês da Meia-Noite, de Criolo, e Oração, de Dani Black. Ney também inclui preciosidades e obras de Itamar Assumpção, a exemplo de Isso Não Vai Ficar Assim e Noite Torta. Chamam atenção a música de abertura, Rua da Passagem (Trânsito), e os figurinos ousados de paetês e decotes, assinados em parceria com o estilista Ocimar Versolato, trocados durante todo o espetáculo. Dias 28, 29, 30 e 31/7/2016.
    Saiba mais
  • Dos integrantes originais da banda de rock psicodélico Os Mutantes, só restou mesmo Sérgio Dias. Ele agora anda acompanhado de Rui Motta (bateria), Tulio Mourão (teclados) e Antônio Fortuna (baixo) quando se apresenta. Dessa vez, o grupo toca na íntegra o álbum Tudo Foi Feito pelo Sol, de 1974. O programa traz as composições apresentadas na ordem exata do LP, a exemplo de Deixe Entrar um Pouco d’Água no Quintal, Pitágoras, Desanuviar, Cavaleiros Negros e Balada do Amigo. Também entram no roteiro algumas faixas que o grupo costumava tocar nos anos 70. Eles recebem Esméria Bulgari e Fábio Rehko, nos vocais. Os ingressos estão concorridos. Dias 14 e 15/7/2016.
    Saiba mais

Fonte: VEJA SÃO PAULO