Programe-se

Cinco shows de reggae e rap para esta semana

Ali Campbell, ex-vocalista do UB40, e a banda americana SOJA se apresentam na cidade

Por: Redação VEJINHA.COM - Atualizado em

SOJA
A banda SOJA: reggae com sotaque norte-americano (Foto: Divulgação)

Veja abaixo as apresentações para ver nos palcos até domingo (14):

  • O ex-vocalista da banda inglesa de reggae UB40 se apresenta pela primeira vez no Brasil desde que saiu do grupo para seguir em carreira-solo, em 2008. O álbum mais recente do cantor, Great British Songs (2010), não renega a fórmula pop de seu antigo conjunto, com versões suaves para canções já muito conhecidas. The Who e Roxy Music são homenageados em Squeeze Box e Love is the Drug, respectivamente. Sem esquecer dos hits como Red Red Wine (escrita por Neil Diamond), Campbell se apresenta à frente de nove músicos. Dia 10/10/2012.
    Saiba mais
  • A Orquestra Brasileira de Música Jamaicana apresenta seu novo trabalho “OBMJ Ataca”, o primeiro álbum da Orquestra de composições autorais e com o tema voltado ao gênero Sci Fi. Dia 30/9/2016.
    Saiba mais
  • Também conhecido como Soldiers of Jah Army, o grupo Soja foi criado em Washington, nos Estados Unidos, a partir de uma união de amigos do colégio que, em 1997, resolveram celebrar o ritmo popularizado por Bob Marley. Com seis discos lançados, o octeto formado por Jacob Hemphill (voz e guitarra), Bobby Lee (baixo), Ryan Berty (bateria), Kenny Bongos (percussão), Patrick O’Shea (teclados), Hellman Escorcia (saxofone), Rafael Rodriguez (trompete) e Trevor Young (guitarra) angariou um séquito fiel ao longo da carreira, para o qual mostra as recentes faixas do novo disco, Amid the Noise and Haste (2014). Dia 2/6/2015.
    Saiba mais
  • Revolução é a palavra-chave nas músicas de Tiken Jah Fakoly, nascido na Costa do Marfim e um dos cantores de reggae mais populares e engajados do continente africano. Com as canções de Bob Marley, ele aprendeu a escrever crônicas sociais sem abandonar o pop. Essa mistura bem temperada de política e melodia facilitou o seu acesso a países europeus — na França, vendeu 100.000 discos. A aceitação internacional não trouxe facilidades para o compositor, considerado persona non grata no Senegal após ter criticado o ex-presidente daquele país Abdoulaye Wade. Do álbum mais recente, African Revolution (2010), espere por momentos potentes, como Political War e a faixa-título. Dia 13/10/2012.
    Saiba mais
  • Criado pelo MC Gaspar, o grupo apresenta-se no Sesc Belenzinho, em um show que traz um estilo musical fundamentado na cultura hip-hop com influências dos ritmos brasileiros. A ocasião marca o lançamento do disco Ritual I - A Vida Segundo os Elementos do Hip Hop. Dia 30/5/2015.
    Saiba mais

Fonte: VEJA SÃO PAULO