Rei do baião

Shows celebram a semana do centenário de Luiz Gonzaga

Confira também um guia com os melhores livros e discos para conhecer melhor a trajetória de um dos artistas mais influentes da música brasileira

Por: Tiago Faria - Atualizado em

Gonzaga - De Pai pra Filho
'Gonzaga - De Pai pra Filho': relacionamento conturbado entre Luiz Gonzaga e seu filho Gonzaguinha (Foto: Divulgação)

No dia 13 de dezembro de 1912, Luiz Gonzaga do Nascimento nascia na cidade pernambucana de Exu. Cem anos depois, o legado Rei do Baião segue influenciando compositores e bandas de forró – seja ele tradicional ou universitário. Durante o ano, foram muitas as homenagens a Gonzagão – em shows, filme e discos.

Na semana de seu aniversário, portanto, não poderiam faltar mais tributos a um dos compositores mais importantes da música brasileira. Abaixo, veja os espetáculos programados para os próximos dias e um guia para ler, ouvir e ver a história do “Velho Lua”:

SHOWS

100 Anos de Gonzagão, na Choperia do Sesc Pompeia.

O show apresenta o repertório do CD triplo 100 anos de Gonzagão, que reúne cinqüenta artistas da música brasileira cantando as composições de Gonzaga. Na quinta (13), participam Angela Ro Rô, Simoninha e Elke Maravilha. Na sexta (14), sobem ao palco Amelinha, Filipe Catto e Anastácia. Às 21h30. Ingressos a R$ 20,00.

100 Anos de Gonzagão, o Rei do Baião, no Canto da Ema

Na noite de quarta (12), a partir das 22h30, uma das casas preferidas dos forrozeiros da cidade prepara uma festança de aniversário com a participação do Falamansa, Trio Virgulino e Anastácia. A casa ainda promoverá um flash mob, após a meia-noite, com artistas convidados e o público. Ingressos a R$ 30,00 (homens) e R$ 22,00 (mulheres).

Clássicos do Baião: Tributo a Gonzagão, no Sesc Pinheiros

A Orquestra Sinfônica da Universidade Federal do Rio Grande do Norte e os artistas Caio Padilha, Camila Masiso, Khrystal, Valéria Oliveira, Wigder Valle e o sanfoneiro Zé Hilton fazem um concerto em homenagem a Luiz Gonzaga. O espetáculo faz parte do projeto Parcerias Sinfônicas Sesc, em prol da valorização da cultura potiguar. Sexta (14) e sábado (15), às 21h; domingo (16), às 17h. Teatro Paulo Autran. Ingressos a R$ 24,00.

Especial Gonzagão – Zé Barbeiro, no Sesc Itaquera

O show apresenta as primeiras composições de Luiz Gonzaga, ainda instrumentais, que foram registradas entre 1940 e 1941. O violonista Zé Barbeiro se apresenta ao lado do acordeonista Cleber Rodrigues e o flautista JotaGê Alves interpretam valsas, choros, polcas e chamegos para mostrar composições como Meu Passado, Lígia e 13 de Dezembro. Domingo (23), às 15h, na tenda da Praça de Eventos.

LIVROS

Gonzagão e Gonzaguinha, livro
Gonzagão e Gonzaguinha, livro (Foto: Divulgação)

Gonzaguinha e Gonzagão, de Regina Echeverria (Leya Brasil)

O livro que inspirou o roteiro do filme Gonzaga – De Pai pra Filho mostra a relação entre Gonzagão e Gonzaguinha por meio de fitas que registraram mais de vinte horas de conversas entre os dois. O show Vida de Viajante, em que os dois se apresentaram juntos em 1979, ganham destaque na narrativa, que destaca as tensões entre as duas personalidades da música.

O Fole Roncou
O livro 'O Fole Roncou - Uma História do Forró' (Foto: Divulgação)

O Fole Roncou – Uma História do Forró, de Carlos Marcelo e Rosualdo Rodrigues (Zahar)

Mais do que relembrar a trajetória de Luiz Gonzaga – um dos personagens centrais do livro -, a obra mostra como o forró mudou a música brasileira, a partir dos anos 1940, e sobreviveu a modismos e transformações da indústria fonográfica. Os autores reconstituem a história do gênero musical e narram episódios da vida de artistas como Jackson do Pandeiro, Marines, Dominguinhos, Trio Nordestino e Genival Lacerda. A festa de lançamento será realizada domingo (9), no Canto da Ema, às 18h, com show do Trio Dona Zefa.

DISCOS

100 Anos de Gonzagão, disco
O disco 100 Anos de Gonzagão (Foto: Divulgação)

100 Anos de Gonzagão (Lua Music)

O CD triplo, lançado este ano, inspirou os shows organizados no Sesc Pompeia. Nos discos, contudo, o encontro de artistas veteranos e jovens soa ainda mais diversificado. Elba Ramalho interpreta No Meu Pé de Serra enquanto a banda Vanguart faz versão para Assum Preto. Karina Buhr aparece em Xanduzinha e, musa do technobrega, Gaby Amarantos se apropria de Cintura Fina. Preço médio: R$ 75,00.

Disco Gonzagão Sempre
Disco Gonzagão Sempre (Foto: Divulgação)

Gonzagão Sempre (Som Livre)

O disco, lançado em 2009, compila boa parte das músicas mais conhecidas do repertório de Luiz Gonzaga. O álbum abre com Asa Branca e segue com Respeita Januário, Sabiá e Baião. Além deles, também fazem parte do disco Xote das Meninas e Qui Nem Jiló. Preço médio: R$ 12,00.

FILME

Gonzaga - De Pai pra Filho
'Gonzaga - De Pai pra Filho': relacionamento conturbado entre Luiz Gonzaga e seu filho Gonzaguinha (Foto: Divulgação)

Gonzaga – De Pai pra Filho, de Breno Silveira

O novo longa-metragem do diretor de 2 Filhos de Francisco é centrado na trajetória pessoal e musical de Luiz Gonzaga e de seu filho, Gonzaguinha (1945-1991). O roteiro mostra a relação tumultuada entre pai e filho, mas não fica só nisso: em grande parte do tempo, o filme narra a história de Gonzagão, da infância miserável ao sucesso no Rio de Janeiro.

Fonte: VEJA SÃO PAULO