Comércio

Shopping Eldorado abriga novas lojas e restaurantes

O estabelecimento se renova para manter a competitividade

Por: Sara Duarte - Atualizado em

Shopping Eldorado_Adidas
Adidas Performance, aberta na terça (16): uma das vinte novas marcas que prometem atrair mais consumidores (Foto: Ligia Skowronski)

Houve um tempo em que o Eldorado era um dos shoppings mais badalados da cidade. Existiam poucos, é verdade, mas nos anos 80 o gigante da Avenida Rebouças costumava atrair um público jovem e descolado. Serviu até de locação para novelas globais como ‘Guerra dos Sexos’ e ‘Meu Bem, Meu Mal’. De lá para cá, o número de centros de compras do gênero em São Paulo saltou de quatro para cinquenta. Para continuar competitivo, o empreendimento teve de se atualizar. Primeiro as empresas Taveri e Verpar, donas da marca Eldorado, venderam sua rede de supermercados ao Carrefour. Em seguida, negociaram parte do terreno do shopping para a construção de um prédio de escritórios com 32 andares, inaugurado em 2008. Capitalizado, o shopping agora está passando pela maior reformulação de sua história. Os primeiros sinais dela foram a chegada de lojas como a Calvin Klein e a Adidas Performance, aberta na terça (16). Até o fim do mês, ficará pronta a nova praça de alimentação, que consumiu 7 milhões de reais. Além do Blenz Café, que impressiona por ter uma variada revistaria, serão abertas filiais da sorveteria Yogoberry e das redes de fast-food Espaço Árabe, Chilli Pilli e Rock & Ribs.

De acordo com Paulo Veríssimo, diretor do Eldorado, as mudanças devem servir como chamariz para profissionais liberais e funcionários de empresas localizadas na região da Marginal Pinheiros. “Recebemos mais de 1,5 milhão de visitantes por mês, principalmente no almoço e no fim do expediente”, explica. “Para cativá-los, é importante ter várias opções de moda, lazer e gastronomia.” Em maio, devem ser inaugurados a megastore da Zara e o setor de concierge com quatro funcionários bilíngues, serviço já oferecido por outros shoppings. Em seguida, começará a repaginação do subsolo. Na área antes ocupada pelo Parque da Mônica serão construídas vinte lojas. A academia Fórmula, comprada por um grupo fluminense, será ampliada e rebatizada de Body Tech. “Esperamos que tudo esteja pronto até 2011, quando celebraremos o trigésimo aniversário do Eldorado”, conta Veríssimo.

A “TENDÊNCIA” DO CONCIERGE

Na época em que a França era uma monarquia, o serviçal que tinha as chaves de todos os aposentos do palácio era chamado de concierge. No século XX, o termo passou a designar profissionais de hotéis cinco-estrelas especializados em fornecer dicas de turismo aos hóspedes ou providenciar-lhes reservas em restaurantes e teatros. Recentemente, o serviço tem sido adotado por shoppings paulistanos, como o Iguatemi e o Cidade Jardim. O Villa-Lobos foi o último a inaugurar um espaço assim. O ambiente decorado por Débora Aguiar oferece mimos como café Nespresso e guarda-volumes. Funciona de segunda a sábado, das 10h às 22h, e aos domingos, das 14h às 20h. A boa notícia é que, para ter acesso aos seus serviços, não é preciso gastar nada nem fazer parte do programa de fidelidade.

 

Fonte: VEJA SÃO PAULO