Mercado de arte

Saiba quais os sete quadros mais caros vendidos em 2015

Entre as obras há trabalhos de Picasso, Modigliani e Rothko

Por: Veja São Paulo

LICHTENSTEIN_Nurse
Nurse, de Roy Lichtenstein (1964) (Foto: Divulgação)

Esqueça a crise: o ano de 2015 foi ótimo para o mercado de arte mundial. Nos leilões, a venda de quadros chegou a bater recordes nunca alcançados anteriormente. Os quadros mais caros foram leiloados na Christie's e Sotheby's - as duas casas mais relevantes do cenário - e, todos eles, em Nova York. Foi, provavelmente, a primeira vez que a gigantesta Christie's vendeu o total de 1 bilhão de dólares num único evento.

Veja abaixo a lista - e preços - das sete obras mais caras do ano passado:

1 - As Mulheres de Argel, de Pablo Picasso

179, 4 milhões de dólares (cerca de 723 milhões de reais)

PICASSO_Les femmes d'Alger
"Les femmes d'Alger", de Picasso (1955) (Foto: Divulgação)

2 - Nu Deitado, de Amedeo Modigliani

por 170,4 milhões de dólares (cerca de 687 milhões de dólares)

MODIGLIANI_Nu couché
"Nu couché", de Amadeo Modigliani, (1917-1918) (Foto: Divulgação)

3 - O Homem que Aponta, de Alberto Giacometti

141,3 milhões de dólares (cerca de 570 milhões de reais)

GIACOMETTI_L'homme au doigt
"L'homme au doigt", de Alberto Giacometti (1947) (Foto: Divulgação)

4 - Enfermeira, de Roy Lichtenstein

95,4 milhões de dólares (cerca de 384 milhões de reais)

LICHTENSTEIN_Nurse
Nurse, de Roy Lichtenstein (1964) (Foto: Divulgação)

5 - Número 10, de Mark Rothko

81,99 milhões de dólares (cerca de 330 milhões de reais)

ROTHKO_No. 10
"No. 10", de Mark Rothko (1958) (Foto: Divulgação)

6 - Sem título, de Cy Twombly

70,53 milhões de dólares (cerca de 284 milhões de reais)

Cy Twombly_Untitled (New York City)
Sem título(New York City), de Cy Twombly (1968) (Foto: Divulgação)

7 - La Gommeuse, de Pablo Picasso

67,5 milhões de dólares (cerca de 272 milhões de dólares)

Picasso_La Gommeuse
"La Gommeuse", de Picasso (1901) (Foto: Divulgação)

Fonte: VEJA SÃO PAULO