Mistérios da Cidade

Sessão de cinema para mães e seus bebês

Por: Edison Veiga [Fernando Cassaro e Giovana Romani] - Atualizado em

Max tem apenas 10 meses de vida e já assistiu a pelo menos quinze filmes no cinema. Não, não se trata de nenhum cinéfilo prodígio. A fã da sétima arte, no caso, é sua mãe, a administradora Irene Nagashima. Desde fevereiro, ela está à frente de um grupo de mamães que levam seus bebês para sessões (de filme adulto, diga-se) no Bristol, no Shopping Center 3 (a foto é da última terça). Deu tão certo que o cinema decidiu abraçar a idéia. A partir desta semana, a primeira sessão de terça (às 13h50) em uma das salas será sempre adaptada para não incomodar os pequenos: as luzes ficarão ligeiramente acesas; o ar-condicionado, mais suave; e o volume do som, um pouco mais baixo. "Entre as mães, há uma regra de convivência", conta Irene. "Se o bebê começa a chorar, saímos da sala." O ingresso é 1 real mais barato que o de uma sessão normal (14 reais). Informações em www.cinematerna.com.br.

Fonte: VEJA SÃO PAULO