Meu estilo

Sergio K - perfil

Por: - Atualizado em

Sergio K perfil
(Foto: Veja São Paulo)

Carrões de 200 000 reais decoram as paredes das lojas de Sergio K (seu sobrenome é Kamalakian), 27 anos, nos Jardins, no Iguatemi e no Shopping Market Place. Servem como isca para sua clientela: rapazes com sobrenomes poderosos e contas bancárias idem, dispostos a pagar 250 reais por uma camisa ou 380 por um sapato. Não são poucos — o empresário vende 50 000 camisas polo e 9 000 pares de tênis por ano.

Você é do tipo que compra muito? Sou zero consumista. Mas, quando viajo, não

economizo com hotéis.

Quais são os seus favoritos? Plaza Athénée (Paris), Plaza (Nova York), Bulgari (Milão), Faena (Buenos Aires) e Byblos (Saint-Tropez).

Um luxo gastronômico: as massas do restaurante Nello, em Nova York.

Não pode faltar no seu closet: camiseta branca. Da minha marca.

Sonho de consumo: ter um grande barco para passar o verão viajando pela Europa.

Ouro, prata ou diamante? Diamante.

Qual foi a sua última compra? Um relógio GNT vintage, há três semanas, em Nova York. Custou 6 000 dólares.

E a compra mais cara? Minha loja do Shopping Iguatemi.

Passa longe do seu armário: camiseta com poliéster, porque deixa cheiro. Só uso de 100% algodão.

Não sai de casa sem...meus três telefones.

Livro de cabeceira: meu laptop.

Homem elegante: John-John Kennedy.

Mulheres elegantes: as atrizes Claudia Cardinale e Marília Pêra.

O que é luxo para você? Poder viajar toda vez que dá vontade.

Como define o seu estilo? Clássico.

Peça de roupa que é a sua cara: tênis branco.

Você se sente bonito com...camisa azul-marinho.

Um perfume: Chanel Egoiste.

Para você, o que significa a sigla AAA? Uma bobagem. Hoje em dia todo mundo é

AAA em São Paulo. As áreas vips são mais cheias que as normais.

Fonte: VEJA SÃO PAULO