FESTIVAL

Vinte endereços participam da Semana da Cozinha Regional Italiana

Deste sábado (24) até o próximo (31), duas dezenas de mestres-cucas estrangeiros aparecem para preparar especialidades de cada área da Itália

Por: Veja São Paulo

Tre Bicchieri
Cozido de pescados: servido no Tre Bicchieri (Foto: Paulo Mercadante)

Como se sabe, a Itália não é uma só. As diferentes partes do país mediterrâneo apresentam peculiaridades culinárias. Deste sábado (24/10/2015) até o próximo (31), vinte casas paulistanas participam da Semana da Cozinha Regional Italiana, festival em que duas dezenas de mestres-cucas estrangeiros aparecem para preparar especialidades de cada área daquele país.

+ Os melhores restaurantes italianos

Os cardápios completos variam de R$ 60,00 a R$ 180,00 por pessoa. No jantar, o menu inclui entrada, primeiro e segundo prato mais sobremesa. O combo do almoço, mais em conta, traz um prato a menos. Confira abaixo os participantes.

Aguzzo_Gnocchetti_paulo_mercadante (1)
Gnocchetti do Aguzzo para a Semana da Cozinha Regional Italiana (Foto: Paulo Mercadante)

Aguzzo: o chef Alessandro Lestini, do Le Melograne, oferece em homenagem à região da Umbria a massa folhada recheada de ricota, queijos e ervas. Pequenos nhoques de batata ao ragu de carne bovina e açafrão fazem parte do menu. O almoço sai por R$ 59,00 e o jantar a R$ 140,00

Buttina: inspirado na Toscana, o chef Sebastiano Lombardi, titular do II Pellicano, na litorânea Porto Ercole, cozinha um filé-mignon com cogumelos frescos e beterraba. Para adoçar o paladar, ele prepara uma torta recheada de creme de confeiteiro e pinole tostado. O almoço sai por R$ 82,00, e o jantar, a R$ 118,00.

Casa Santo Antônio: para contemplar a Sardenha, a chef Manuela Fanutza, do Letizia,se encarrega de oferecer um leitãozinho assado com ervas e legumes, além de uma tortinha de queijo pecorino fresco, laranja e mel acompanhada de sorvete. Almoço a R$ 79,00 e jantar a R$ 109,00.

Friccò : em homenagem ao Vêneto, o chef Mauro Buffo, representante do 12 Apostoli, histórico restaurante de Verona, sugere um coelho refogado com vinho branco, cogumelos, azeitonas e pancetta acompanhado de feijão-branco cozido no molho de tomate. De dia, o menu custa R$ 69,00. No jantar, R$ 115,00.

La Madonnina Ravioli
Ambiente do La Madonnina (Foto: Veja São Paulo)

La Madonnina: com o almoço por R$ 80,00 e jantar por R$ 125,00, o chef Thomas Sangiuliano, de uma cidadezinha situada no interior do Abruzzo, cozinha um cordeiro ao forno em crosta de amêndoas ao lado de batatas douradas.

Maremonti: o chef Pasquale Palamaro, do restaurante Indaco, prepara um almoço típico da Campanha por R$150,00. O jantar sai a R$180,00. No menu, a massa recheada com aspargos vem coberta de molho de queijo de búfala e lascas de azeitona preta. Para finalizar, torta de ricota com frutas cristalizadas.

Osteria del Pettirosso: para celebrar o Valle d’Aosta, que faz fronteira com a Suíça e a França, o menu assinado por Stefano Negro oferece escalope de vitelo com presunto e queijo fontina acompanhado de legumes assados. A sopa fria de frutas do bosque vem com sorvete de creme. Preços: R$ 85,00 (almoço) e R$ 135,00 (jantar).

Pasquale: por R$ 85,00 à noite e R$ 65,00 de dia, o chef Pietro Carlone, da Osteria Cantina Brandi, em Minervino Murge, se encarrega de opções da Púglia. Entre elas o linguini ao molho de tomate com mexilhão e leitão ao vinho moscato guarnecido de minilegumes.

Picchi: a refeição à Siciliana fica a cargo de Giovanni Guarneri, fundador do restaurante Don Camilli, na ilha de Ortigia, na Sicília. O almoço de três etapas sai por R$95,00 e o jantar completo a R$150,00. O carpaccio de peixe com salada de pescados integra o menu.

Piselli: a região Friuli Venezia Giulia é a inspiração para a massa recheada de beterraba e presunto na manteiga com sementes de papoula. O prato compõe o menu assinado por Marco Talamini, quem comanda o La Torre, de Spilimbergo. O almoço, de três tempos, sai a R$ 65,00. O jantar completo custa R$120,00.

Tre Bicchieri
Salão concorrido do Tre Bicchieri (Foto: Fernando Moraes)

Pomodori: Andrea Picotti é responsável pela cozinha do D’La Picocarda, localizada no interior do Piemonte. O almoço custa R$ 59,00 e o jantar, R$ 108,00. No menu, o carré de cordeiro laqueado ao mel chega com legumes. De sobremesa, espuma de torrone com chocolate amargo.

Santo Colomba: localizado no norte da Itália, a região de Trentino-Alto Ádige é o mote do menu do chef Manuel Strini, do restaurante Chalet Gerard. Ele prepara um risoto de cereais e uma massa em forma de meia lua recheada de espinafre. De dia, o menu custa R$ 59,00. À noite, R$ 108,00.

Sensi: o chef Antonio Magliulo cresceu na cozinha do The Cesar Restaurante. Agora, ele chega à São Paulo inspirado na região italiana de Lácio para preparar o cordeiro com creme de grão-de-bico, alcachofra e aspargos, entre outras opções. R$ 75,00 (almoço) e R$120,00 (jantar).

Spadaccino: Andrea Barone assina um menu com carré de cordeiro ao queijo caciocavallo, além de enroladinhos de vitela empanados ao perfume de limão-galego mais verduras com alho e redução de vinho tinto. A chef é membro de uma organização que divulga as tradições da Basilicata. Almoço por R$100,00 e jantar por R$120,00.

Supra: Giordano De Stefano, chef do II Senso della Calabria, em Rende, assina um menu composto por barriga de leitão cozida em baixa temperatura com geleia de pimenta vermelha. Pautado na Calábria, o almoço custa R$ 115,00 e o jantar, R$ 150,00.

Zena Caffé - Bertolazzi
Ambiente do Zena Caffé, nos Jardins (Foto: Fernando Moraes)

Terraço Itália: em homenagem à Lombardia, o restaurante recebe o chef Roberto Cerea. O menu conta com lombo suíno moído com queijo grana padano envolto em pancetta junto de polenta. Almoço por R$ 154,00 e jantar a R$ 180,00.

Tre Bricchieri: o chef Marco Vegliò, do restaurante Il Galeone, na litorânea Fano, se dedica a pratos da região de Marche, no centro da península. Em visita à casa, ele sugere um cozido de pescados típico da cidade, servido com pão tostado. A receita pode ser pedida no almoço de três etapas (R$ 95,00) ou no jantar de quatro tempos (R$ 170,00).

Vinarium: da região de Molise, anchovas marinadas com berinjela, brotos, vegetais, mel, açafrão e vinagre, além  de um filé suíno em crosta de queijo caciocavallo são opções do menu assinado pelo chef Oscar Antônio Scarano. O almoço sai R$ 85,00 e o jantar, a R$ 110,00.

Vinheria Percussi: o chef Giacomo Campodonico, da Trattoria All’Ulivo, prepara um menu coposto de enroladinhos de vitela acompanhados de legumes, além de uma massa fresca recheada de ricota e espinafre ao molho de nozes. Os menus da Ligúria saem a R$ 81,00 (dia) e R$ 111,00 (noite).

Zena Caffé: massa recheada com verduras cozidas e ricota divide as atenções com o filé-mignon ao lado de tortinha de batata e abóbora frita. As sugestões compõem o menu do  chef Gianpietro Stancari, da Trattoria Ai Due Platani, onde se especializou na cozinha da Emília-Romanha. R$ 59,00 (almoço) e R$ 85,00 (jantar).

Fonte: VEJA SÃO PAULO