Cidade

Terreno no Morumbi é ocupado por sem-teto

Integrantes do Movimento dos Trabalhadores Sem-Teto se instalaram no local durante a madrugada

Por: Redação Veja São Paulo - Atualizado em

Integrantes do Movimento dos Trabalhadores Sem-Teto (MTST) ocuparam mais um terreno na capital, na madrugada de sábado (21). Segundo a Polícia Militar, cerca de 400 pessoas se alojaram em um espaço na Vila Praia, no Morumbi.

Guilherme Buolos, líder do movimento, disse em entrevistas que não há informações precisas sobre o terreno, mas que estaria abandonado há trinta anos e seria propriedade do poder público, com suspeitas de grilagem pelos donos atuais.

O MTST está à frente de três grandes ocupações que ocorrem na cidade: Nova Palestina, no M’Boi Mirim, Faixa de Gaza, em Paraisópolis e a Copa do Povo, em Itaquera.

Em maio, a Secretaria Municipal de Habitação (Sehab) divulgou que a cidade tem noventa áreas em diferentes regiões na cidade ocupadas por sem-teto entre terrenos baldios, casas e prédios. São 130 000 famílias na “fila” por moradia e 30 000 que recebem auxílio-aluguel. O déficit habitacional em São Paulo é de 230 000 moradias.

Fonte: VEJA SÃO PAULO