Exposições

Mais de 2 000 pessoas já visitaram a segunda Virada Renascentista

CCBB promove nova edição do evento e funcionará por 38 horas ininterruptas, até as 22h deste domingo (25)

Por: Redação VEJASÃOPAULO.COM - Atualizado em

  • Voltar ao início

    Compartilhe essa matéria:

  • Todas as imagens da galeria:

Desde a manhã deste sábado (24), mais de 2 000 pessoas já visitaram a exposição Mestres do Renascimento: Obras-Primas Italianas, no Centro Cultural Banco do Brasil. Neste fim de semana, durante a Virada Renascentista, a mostra funcionou por 38 horas seguidas até as 22h deste domingo (25). Foi a segunda edição do evento, que também marcou a abertura da exibição que reúne obras de grandes nomes do movimento artístico, como Rafael, Michelangelo e Leonardo da Vinci. Uma nova 'virada' está programada para o último final de semana da exibição, nos dias 21 e 22 de setembro, 

+ Uma seleção de obras imperdíveis da exposição

De acordo com a assessoria do evento, o recorde de espera do lado de fora chegou a duas horas e trinta minutos. Neste sábado (24), por volta das 15h30, cerca de 150 pessoas ainda estavam alinhadas na porta do CCBB. Na madrugada, a espera foi mais tranquila, em média 30 minutos, e o público pôde conferir ainda a participação dos DJs Valter Nu, Mirton de Paula e Rodolfo Valente, que fizeram uma apresentação audiovisual e tocaram remixes de músicas da época.

Fila durante a Virada Renascentista
Fila de espera na noite de sábado (24) (Foto: Marcelo Cobra)

Na tarde de domingo (25), as filas estavam grandes. Dentro da exposição, havia mais espera. Como as salas maiores têm capacidade para sessenta pessoas e as menores comportam apenas trinta, era necessário esperar que alguém saísse para outro poder entrar. A título de curiosidade, uma boa visita por toda a mostra pode ser feita em uma hora. 

fila espera virada tarde domingo
O movimento durante a tarde de domingo (25) (Foto: Victória Kennedy)

Para fugir das filas, o ideal é visitar a exposição em horários alternativos. A organização recomenda o início da noite, a partir das 19h, como o horário mais tranquilo. Pela manhã e no hora do almoço, o fluxo de frequentadores é maior. A previsão é de que neste período o CCBB receba mais de 12 000 pessoas.

Fonte: VEJA SÃO PAULO