Abastecimento

Seca prejudica colheita de arroz, feijão e cebola em São Paulo

Agropecuária paulista já registra prejuízo de 3% em 2014; regiões de Campinas, Ribeirão Preto e Vale do Paraíba são as mais afetadas

Por: VEJA SÃO PAULO - Atualizado em

Plantação de Café Instituto biológico
Segundo a Faesp, as laranjas estão menores e com qualidade inferior (Foto: Mario Rodrigues)

A falta de água generalizada em São Paulo vai impactar diretamente na produção dos alimentos que chegam à mesa dos paulistas. Segundo a Federação da Agricultura e Pecuária do Estado (Faesp), o valor bruto da produção agropecuária caiu 3% em 2014 em relação ao ano anterior - de 59 para 57,5 milhões de reais. As maiores perdas de receita foram na colheita de arroz e cebola (menos 54% de lucro em cada), feijão (42%) e milho (35%). As safras de soja, suínos e frango também ficaram abaixo do esperado.

Entre as regiões mais afetadas estão Ribeirão Preto, onde o setor canavieiro registrou queda de 20% a 25%. Na Região Metropolitana de Campinas, a produção de batatas caiu até 30%. No Vale do Paraíba, a bovinocultura de leite também teve prejuízos. 

+ Motéis vetam hidromassagem e recorrem a caminhão pipa

+ Falta de água afeta paulistanos de todas as regiões

O fim da colheita da cana-de-açúcar foi antecipado de dezembro para outubro, e a safra 2014/2015 deve ser 10% menor, com 50 milhões de toneladas de cana a menos. 

De acordo com a Faesp, a laranja este ano também ficou "menor, murcha e com qualidade inferior". Como a fruta mais leve, os produtores acabaram recebendo uma remuneração menor, o que resultou em investimentos inferiores na plantação e o aumento da incidência de doenças nos pomares.

Fonte: VEJA SÃO PAULO