Clima

São Paulo registra segunda madrugada mais fria do ano

Começo deste domingo (13) registrou 12º C por volta das 3 horas

Por: Estadão Conteúdo - Atualizado em

Frio São Paulo - 15AGO2014
O recorde da noite mais fria é de 27 de junho (Foto: Veja São Paulo)

O frio parece que veio para ficar. Na madrugada de domingo (13) as estações meteorológicas do Centro de Gerenciamento de Emergências (CGE) registraram, por volta das 3 horas a temperatura de 12º C. A tempo frio ainda se manteve no início da manhã e deve bater, no máximo, 18º C, explica o CGE. O órgão informa, no entanto, que não haverá chuva, mas apenas risco de garoa ocasional na madrugada e à noite. O recorde da noite mais fria é do dia 27 de junho, quando os os termômetros chegaram aos 10,6 º C durante a madrugada.

+ Morre a atriz e ex-modelo Betty Lago

A tarde de domingo segue com céu predominantemente encoberto, em decorrência dos ventos úmidos. A sensação foi de frio durante todo o período e a média da temperatura máxima foi de 15,9ºC, segundo dados das estações meteorológicas do CGE. A umidade do ar permaneceu elevada e acima dos 65%. Os termômetros já registram temperatura em declínio, que deve ficar em torno dos 13ºC durante a madrugada. Não há previsão de chuvas. O frio mais intenso da madrugada no estado, no entanto, foi registrado na Serra da Mantiqueira, região montanhosa na divisa com Minas Gerais, com 8,6º C.

+ Veja mais notícias

Em Santa Catarina, na cidade de Urupema, na Serra Catarinense, o frio surpreendeu os meteorologistas. A temperatura chegou a -5,4°C e foi a mais baixa do ano. Segundo a Epagri/Ciram outras treze cidades tiveram temperaturas abaixo de zero.O frio se concentra na Serra e na região Oeste de Santa Catarina. Urupema é considerada a cidade mais fria do Brasil. Segundo a prefeitura do município, as casas e os quintais amanheceram brancos de geada. No Morro das Torres, com cerca de 1.750 metros de altitude, as águas das cascatas congelaram antes de tocar o solo.

Fonte: Estadão Conteúdo