Educação

São Paulo tem 30 das 100 melhores escolas do país no Enem

A maioria das escolas é privada e tem poucos alunos, o que pode facilitar o desempenho

Por: Estadão Conteúdo - Atualizado em

Enem
Enem: notas divulgadas nesta terça-feira (4) continuam revelando o domínio de colégios particulares paulistas entre os melhores do país (Foto: Adriano Vizoni/Folhapress)

As notas do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) por escola de 2015, divulgadas nesta terça-feira (4) continuam revelando o domínio de colégios particulares paulistas entre os melhores do Brasil. Das cem escolas com as maiores médias, 30 estão no Estado de São Paulo - uma a mais do que no ranking com base em 2014, com 29 colégios. No top 100, a maioria das escolas é privada e tem poucos alunos, o que pode facilitar o desempenho mais alto.

+ Para Alckmin, eleições mostram 'derrocada do PT' e encerram ciclo

As informações foram produzidas pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais (Inep), órgão do Ministério da Educação (MEC) que realiza o Enem. Para produzir as médias, a reportagem tabulou o desempenho das unidades em cada uma das áreas medidas pelo exame - Ciências Humanas, Ciências da Natureza, Matemática e Línguas e códigos e suas tecnologias. A redação é contabilizada separadamente.

O Inep também divulgou dados de contextualização dessas escolas, como a taxa de permanência na escola (para verificar se o aluno fez todo o ensino médio no mesmo colégio), o número de alunos participantes e o nível socioeconômico dos alunos - que é considerado um dos principais fatores que levam ao sucesso ou não no resultado do exame.

+ Prefeitura gasta 37 000 reais para remover tinta de monumentos

No ranking das 30 melhores escolas de São Paulo, 24 delas têm 90 ou menos alunos, o que pode facilitar o bom desempenho. O Colégio Objetivo Integrado, localizado na região central da capital, mais uma vez aparece no 1º lugar da lista nacional, com a nota 751,2. Já se forem considerados somente os colégios com mais de 90 alunos, o Bernoulli - Unidade Lourdes, de Belo Horizonte (MG), é o 1º no País, com 725,27.

Regiões

A região Sudeste teve menos escolas no top 100 em relação ao ano passado - foram 64 colégios no ranking, ante 70 no ano passado e 77 em 2013. Entre as dez campeãs, o Nordeste ganhou espaço. Eram três no ano passado, todas do Ceará. Agora, são cinco nesse grupo: quatro cearenses e uma do Piauí.

As capitais também dominam o top 100 do ranking, com 65 representantes. Do restante de escolas, boa parte se concentra em regiões metropolitanas.

+ Confira as últimas notícias

O recorte das cem primeiras mostra ainda que apenas três escolas públicas pertencem à "elite" do ensino médio no País, todas ligadas a universidades federais e que exigem prova para ingresso, selecionando os alunos mais preparados: Colégio de Aplicação da Universidade Federal de Viçosa (UFV), Colégio Politécnico da Universidade Federal Santa Maria (UFSM) e o Colégio de Aplicação da Universidade Federal de Pernambuco (UFPE).

Melhor colégio público paulista, a Escola Técnica Estadual de São Paulo (Etesp) aparece em 118.º lugar no ranking nacional.

Fonte: VEJA SÃO PAULO