Mistérios da Cidade

São Paulo ganha grafites de Thoma Vuille

Por: Daniel Nunes Gonçalves [Carolina Giovanelli, Giuliana Bergamo, João Batista Jr. e Maria Paola de Salvo] - Atualizado em

Só quem sobe a escada que dá acesso ao pavilhão de exposições do Museu da Imagem e do Som (MIS), no Jardim Europa, consegue ver, através de uma janela, o rechonchudo Monsieur Chat da foto acima. Personagem criado em 1997 pelo artista francês Thoma Vuille, ele está presente em muros de quinze países e apareceu pela primeira vez na cidade em janeiro, quando o grafiteiro veio para cá a convite do produtor cultural Benjamin Seroussi. Além desse gato, outro felino alegra a esquina das ruas Cardeal Arcoverde e João Moura, em Pinheiros (na foto menor). Apesar da aparência simpática, ele é usado na França como um símbolo para protestos como os contrários à Guerra do Iraque. "Vuille volta em julho para pintar mais gatinhos pela capital", anuncia Seroussi.

Fonte: VEJA SÃO PAULO