Mistérios da Cidade

Sanfoneiro e compositor Mario Zan morre em São Paulo

Por: Edison Veiga [Maria Paola de Salvo e Sandra Soares] - Atualizado em

Não havia quadrilha junina sem sua Festa na Roça. Da mesma forma, todo paulistano com mais de 50 anos vai associar para sempre o quarto centenário da cidade, comemorado em 1954, com o hino que ele compôs para a ocasião. Autor também de Nova Flor, ou Os Homens Não Devem Chorar, que marcou época como hit dor-de-cotovelo, Mario João Zandomeneghi, o Mario Zan, foi um compositor de sucesso e um dos maiores acordeonistas do Brasil. Italiano de Veneza, tinha 4 anos quando emigrou com os pais para o interior paulista. Aos 12, veio para a capital. Um ano depois, virou músico. Ele morreu na quarta-feira (8), aos 86 anos. Como sempre desejou, foi enterrado no túmulo ao lado da marquesa de Santos, no Cemitério da Consolação.

Fonte: VEJA SÃO PAULO