Terraço Paulistano

Sandy prepara primeiro álbum-solo, mais autoral e menos comercial

Aos 27 anos, três deles longe dos estúdios, Sandy volta às prateleiras em 7 de maio, quando está previsto o lançamento de seu álbum 'Manuscrito'

Por: Alvaro Leme - Atualizado em

Sandy_2158
Sandy: “Agora, sou só eu. É hora de fazer o que me der vontade” (Foto: Paschoal Rodriguez)

Aos 27 anos, três deles longe dos estúdios, Sandy volta às prateleiras em 7 de maio. É para quando está previsto o lançamento de seu primeiro álbum-solo, 'Manuscrito', com todas as treze faixas compostas por ela. “Tudo bem intimista”, adianta. Muito dona de si, ela avalia que chegou a hora de um trabalho mais autoral — mesmo que isso signifique menor apelo comercial. “Dá um pouco de medo, mas já vendi tantos discos...”, afirma a cantora, cujos dezessete CDs com o irmão, Junior, tiveram 17 milhões de cópias comercializadas. “Agora, sou só eu. É hora de fazer o que me der vontade.”

Fonte: VEJA SÃO PAULO