trânsito

Saída para o feriado deixa rodovias com trânsito lento

Confira a situação das estradas nesta sexta (9)

Por: Veja São Paulo - Atualizado em

Trânsito Castello Branco
Trânsito na Castello Branco na saída do feriado (Foto: Marcio Ribeiro / Brazil Photo Press/Folhapress)

Acidentes envolvendo caminhões causaram a interdição de seis importantes rodovias paulistas nesta sexta-feira (9), na saída dos paulistanos para o feriado prolongado de 12 de outubro, dia da padroeira do Brasil. Algumas, como a Anchieta, importante acesso à Baixada Santista, ficaram bloqueadas durante 11 horas. Alguns acidentes aconteceram ainda na madrugada ou de manhã, mas os efeitos se estenderam ao longo do dia. No início da noite, as rodovias federais Régis Bittencourt e Fernão Dias estavam interditadas por acidentes com veículos de carga.

+ Feriado tem previsão de chuva na capital

Cerca de 3,6 milhões de veículos vão circular pelas rodovias que ligam a capital ao interior e litoral paulista no fim de semana prolongado pelo feriado de segunda-feira (12), dedicado à Nossa Senhora Aparecida, padroeira do Brasil. Destes, 2,5 milhões usarão rodovias concedidas, segundo a Agência de Transporte do Estado de São Paulo, e 1,1 milhão passam pelas vias administradas pelo Departamento de Estradas de Rodagem.

De madrugada, uma carreta carregada com material de construção perdeu o freio na descida da Serra, na Anchieta, e depois de bater em outro veículo, atingiu a mureta e a estrutura de uma ponte. Com o impacto, o veículo chegou a atingir a sinalização suspensa e pegou fogo. O motorista foi arremessado para fora da cabine e levado com ferimentos graves a um hospital. A pista sentido litoral da rodovia ficou fechada até a tarde.

Outro acidente envolvendo um furgão de cargas interditou a rodovia dos Imigrantes, no km 16, já no Planalto, de manhã. O veículo pegou fogo e o óleo vazou no asfalto. No início da noite as vias de acesso à Baixada Santista tinham 31 quilômetros de congestionamento. Os acidentes e o tempo encoberto com neblina, levaram a Polícia Rodoviária Estadual a adotar o sistema de comboios na descida para o litoral, a partir do pedágio.

Devido ao excesso de veículos, quem pega as rodovias sentido litoral sul pode encontrar lentidão em alguns trechos. Os piores pontos estão entre os quilômetros 260 e 248 da Cônego Domênico Rangoni, 284 e 292 da Padre Manoel da Nóbrega, 63 ao 70 na Imigrantes e do 63 ao 65 na Anchieta.

+ Feriado tem previsão de chuva na capital

A Ecovias começou a Operação Descida, implantada nas duas pistas da Anchieta e na pista sul da Imigrantes. A subida para a capital está sendo realizada somente pela pista norte da Imigrantes, onde não há complicações.

A pista sentido São Paulo da rodovia Régis Bittencourt foi interditada no km 25,5, no início da noite, em decorrência de um acidente envolvendo duas carretas e um automóvel. O tráfego estava intenso e já se formava um grande congestionamento. Havia pelo menos uma pessoa ferida. Equipes da concessionária trabalhavam na remoção dos veículos.

A Fernão Dias, que liga São Paulo a Belo Horizonte, foi interditada no final da tarde, na região de Perdões (MG), no sentido São Paulo, por causa do tombamento de uma carreta no km 665. Havia congestionamento de dez quilômetros no local, enquanto equipes da concessionária faziam a retirada do veículo.Na Bandeirantes, uma carreta tombou no km 91, em Campinas, interditando parcialmente a pista sentido interior. Reflexos do acidente causavam três quilômetros de congestionamento no local no início da noite. Ainda no interior de São Paulo, uma carreta bitrem carregada com 50 toneladas de milho bateu no barranco e pegou fogo na rodovia Marechal Rondon, próximo de Piraju, região de Bauru. O motorista conseguiu sair da cabine em chamas. A pista sentido capital da rodovia ficou interditada durante três horas.

Fonte: VEJA SÃO PAULO