comportamento

Saiba se você é um dependente da internet e do smartphone

Sinais e desvios de comportamento que mostram quando o vício digital passou dos limites

Por: Luisa Coelho - Atualizado em

Calçada para smartphones na China
Esquecer o celular e ter que voltar para buscá-lo pode ser um sinal de dependência de tecnologia (Foto: CNN)

Como identificar que você extrapolou a relação saudável com seu smartphone, tablet ou computador? O problema pode ser constatado quando o uso dos aparelhos se torna excessivo e prejudica a rotina do usuário. Dois especialistas nesse tipo de estudo ajudaram a detectar os sinais de que algo está errado (conheça os principais na lista abaixo).

 

Cristiano Nabuco de Abreu, coordenador do Grupo de Dependências Tecnológicas do Instituto de Psiquiatria do Hospital das Clínicas de São Paulo, cita critérios, como usar a internet para regular o humor, para avaliar se há dependência da rede.

A psicóloga Anna Lucia Spear King, coordenadora do grupo Delete Detox Digital e Uso Consciente de Tecnologias, da UFRG, destaca desvios de comportamento como acordar no meio da noite para responder mensagem ou apresentar nervosismo, ansiedade ou angústia diante da impossibilidade de se comunicar pelo smarphone.

1. Preocupação excessiva com a internet. Pode ser notada quando a pessoa só aborda assuntos sobre tecnologia e faz tudo ou quase tudo com o uso dela, como compras e pagamento de contas. 

2. Voltar imediatamente a um local para buscar o aparelho quando ele foi esquecido. Isso revelaria que a pessoa se sente insegura ao ficar longe da tecnologia.

3. Acordar no meio da noite para responder a uma mensagem pelo celular.

Ilustração - Viciados em tecnologia
Acordar no meio da noite para atender ao celular pode ser um sinal (Foto: Simone Yamamoto)

4. Necessidade de aumentar o tempo de conexão diário para alcançar satisfação. O sintoma pode ser comparado ao uso de álcool e outras drogas, como se o organismo fosse se adaptando com cada vez mais.

5. Ter a sensação de que o smartphone está tocando ou vibrando mesmo quando isso não ocorre.

6. Usar a internet para regular o humor. Tentar, por exemplo, aliviar a ansiedade entrando no smartphone sem um objetivo claro. Ou só sentir satisfação quando está na frente do computador.  

Ilustração - Viciados em tecnologia 3
Não use a tecnologia para regular o seu humor (Foto: Simone Yamamoto)

7. Permanecer mais tempo conectado do que você havia programado.

8. Comprometer o trabalho e as relações familiares e sociais devido ao uso excessivo da tecnologia. Atenção ao receber queixas de amigos ou do chefe reclamando que você está disperso. Deixar de almoçar com a família para estar conectado pode ser um sinal.

Ilustração - Viciados em tecnologia
Cuidado ao deixar de comer com a família para ficar conectado (Foto: Simone Yamamoto)

9. Mentir com frequência a respeito da quantidade de horas que você permaneceu conectado na internet.

10. Ficar nervoso, ansioso ou demonstrar irritação quando não há possibilidade de se comunicar pelo smartphone.

Fonte: VEJA SÃO PAULO