Mundo dos shoppings

Saiba quais são os shoppings com a melhor variedade de lojas

Não é por acaso que eles são chamados de templos do consumo. Os números comprovam: 44% dos freqüentadores vão aos shoppings paulistanos determinados a fazer compras. Quanto maior a variedade de marcas e serviços, mais atrativos o shopping terá. E esse é o grande desafio dos donos desses centros de compras: ter um mix de lojas adequado a seu público

Por: - Atualizado em

Morumbi

Avaliação: excelente (5 pontos)

Entre as 436 lojas, há 211 de vestuário e acessórios (incluindo na lista vinte joalherias). Com confecções badaladas (Carlos Miele e Alexandre Herchcovitch, por exemplo, são vizinhos no espaço Gourmet Fashion) e magazines (como C&A, Renner e Zara), oferece ótima variedade de marcas. Só de livrarias grandes existem duas: Fnac e Saraiva. A academia Companhia Athletica engrossa as 24 opções de serviço.

Iguatemi

Avaliação: muito bom (4 pontos)

Das 307 lojas, há 180 de vestuário e acessórios (só óticas e joalherias, são 32). Com a chancela de trinta grifes internacionais, entre elas Dolce & Gabbana, Emporio Armani, Ermenegildo Zegna e Tiffany & Co., o shopping virou sinônimo de sofisticação. Neste mês foi inaugurada ali a primeira loja da Apple (foto à direita) no Brasil. Entre as 39 opções de serviço, estão o salão de beleza de 1?200 metros quadrados do cabeleireiro Wanderley Nunes e o supermercado Pão de Açúcar. Lojas Americanas e C&A são as marcas mais populares do pedaço.

Aricanduva

Avaliação: bom (3 pontos)

Das 454 lojas, há 203 de vestuário e acessórios e doze grandes magazines, como C&A, Renner, Pernambucanas, Casas Bahia, Ponto Frio e Extra Eletro.As 66 opções de serviço incluem nove bancos, uma unidade do Detran, um laboratório (Lavoisier) e uma universidade (Uni Sant’Anna).

Anália Franco

Avaliação: bom (3 pontos)

Das 217 lojas, há 117 de vestuário e acessórios. Segue o padrão do MorumbiShopping (ambos pertencem ao grupo Multiplan), mas a oferta é bem menor. Duas atividades se destacam entre as 22 opções de serviço: a unidade da academia Companhia Athletica e o laboratório Fleury.

Pátio Higienópolis

Avaliação: muito bom (4 pontos)

Das 238 lojas, há 136 de vestuário e acessórios, catorze de artigos para a casa e onze joalherias. Entre as grifes nacionais, Osklen, Le Lis Blanc, VR e Cavalera. Armani Exchange e Tommy Hilfiger figuram entre as poucas representantes estrangeiras. Como o shopping autoriza o trânsito de cães nos corredores, a pet shop Dog’s Family virou atração concorrida entre as 22 opções de serviço.

Villa-Lobos

Avaliação: bom (3 pontos)

Das 194 lojas, há 100 de vestuário e acessórios. Concilia marcas masculinas e femininas, como Richards e Cori, com a variedade de redes como Zara e C&A. É possível encontrar por lá uma lavanderia, quatro agências bancárias e duas agências de viagens (são 21 opções de serviço). Outra atração é a grande loja da Livraria Cultura.

Center Norte

Avaliação: bom (3 pontos)

Das 294 lojas, há 160 de vestuário e acessórios. Destaque para Cori e Rosa Chá (femininas) e Harry’s e Polo By Kim (masculinas). O shopping aposta nas grandes redes varejistas para atrair seu público: Casas Bahia, Extra Eletro, Fast Shop, Ponto Frio, C&A, Riachuelo, Renner e Carrefour. Entre as 37 opções de serviço, estão quatro caixas eletrônicos, duas floriculturas e uma lavanderia.

Eldorado

Avaliação: bom (3 pontos)

Das 299 lojas, há 112 de vestuário e acessórios (oito voltadas para artigos esportivos). O forte ali são os serviços, com 61 opções, entre elas um posto da Polícia Federal para emissão de passaportes, dez caixas eletrônicos, três salões de beleza, uma filial da academia Fórmula e um hipermercado Carrefour.

Ibirapuera

Avaliação: bom (3 pontos)

Das 403 lojas, há 203 de vestuário e acessórios. Só de empresas de telefonia são dez. Inaugurado em 1976, o shopping merecia uma reforma para valorizar os corredores, que conciliam grifes nacionais (Forum, Richards e Colcci) e grandes redes (C&A, Americanas e Fast Shop). Por lá, o cliente também encontrará sete agências de turismo, um cibercafé e uma clínica de estética. Há 25 opções de serviço.

West Plaza

Avaliação: razoável (2 pontos)

Das 236 lojas, há 104 de vestuário e acessórios e 24 opções de serviço. Em todos os cantos, anúncios informam aos clientes que uma reforma deverá mudar o aspecto do shopping. Isso poderá valorizar os combalidos corredores de lojas, algumas fechadas e outras em reforma. Três redes se destacam na configuração atual: C&A, Renner e Lojas Americanas.

Fonte: VEJA SÃO PAULO