Clima

Saiba como ficará o tempo neste fim de semana

Nos últimos dois dias do outono, as temperaturas serão amenas, com tempo firme e pouca chance de chuva

Por: Veja São Paulo - Atualizado em

Frio sim, mas não aquele clima gelado do último fim de semana. O último fim de semana de outono será bem agradável. Segundo o Centro de Gerenciamento de Emergências da Cidade (CGE), a temperatura na cidade neste fim de semana vai oscilar entre 12ºC e 24ºC. O sol vai aparecer e há poucas chances de chuva.

A madrugada permanece registrando baixas temperaturas.  Dados das estações meteorológicas automáticas do CGE apontam a temperatura média de 12°C. O bairro de Capela do Socorro, registra o menor índice da Cidade, com apenas 9ºC. O tempo permanece sem mudanças até o início da manhã.

+ Voluntários se mobilizam para ajudar sem-teto a enfrentar o frio

Uma frente fria de fraca atividade se propaga pelo oceano no fim de semana, mas não deve causar mudanças significativas no tempo. Os ventos úmidos que passam a soprar do mar aumentam a nebulosidade, melhoram os índices de umidade relativa do ar e podem favorecer a ocorrência de chuviscos entre a noite de sábado e o domingo.O sábado (18) ainda começa com sol e temperaturas em elevação. As mínimas oscilam em torno dos 13ºC, enquanto as máximas podem superar os 24ºC. Entre a tarde e a noite a propagação de uma frente fria de fraca atividade pelo oceano favorece o aumento de nebulosidade e pode causar chuviscos, principalmente nos trechos de serra da Grande São Paulo.

No domingo (19) o sistema frontal não muda o tempo, mas os ventos úmidos que passam a soprar do oceano causam maior nebulosidade e favorecem a ocorrência de nevoeiros e chuviscos, especialmente no período da madrugada. No decorrer do dia o sol aparece entre nuvens e eleva gradativamente as temperaturas. Os termômetros variam entre mínimas de 12ºC e máximas de 23ºC.

O inverno chega na segunda (20). E pode preparar o kit agasalho-cobertores-aquecedores. De acordo com informações do Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet), esta deverá ser uma das temporadas mais frias desde o ano 2000. Em meados de agosto, deverá desembarcar por aqui os efeitos do La Ninã. O fenômeno é o oposto do El Niño: caracteriza-se pelo esfriamento das águas do Oceano Pacífico. Com isso, "abre as portas" para as massas de ar frio (e pior, polares) por aqui.

+ As principais notícias da cidade

Fonte: VEJA SÃO PAULO