Celebridades

Sabrina Sato doou 120 000 dólares em baile da AmfAR

A ação aconteceu durante a quarta edição da festa de gala da ONG americana que arrecada fundos para pesquisas em prol da cura da Aids

Por: João Batista Jr. - Atualizado em

Sabrina Sato
A apresentadora Sabrina Sato com seu vestido da grife Givenchy (Foto: Ricardo D'Angelo)

Aconteceu na noite de sexta-feira (4) a quarta edição do baile de gala da AmfAR, ONG americana que arrecada fundos para pesquisas em prol da cura da Aids. A festa ocorreu na mansão do empresário Dinho Diniz e teve como apoiadores da causa artistas e empresários. Sabrina Sato, Adriane Galisteu, Cauã Reymond, Rodrigo Faro, Izabel Goulart e Fernanda Tavares eram alguns dos presentes. “Vamos lá pessoal, quero ver todo mundo tirando dinheiro do bolso”, disse o publicitário Nizan Guanaes, que cantou o leilão ao lado da atriz Sharon Stone. ”Bebam uisque porque a bebida faz todo mundo ficar mais rico e generoso.” Sharon chegou a festa escoltada por dois carros blindados com seguranças.

+ Famosas prestigiam baile da amfAR

O leilão continha desde objetos (como um quadro de Vic Muniz, arrematado por Sabrina Sato por 120 000 dólares) ate “experiências” (como a oportunidade de ver a calcinha de Kate Moss, situação que fez Donata Meirelles desembolsar 50 000 dólares). “Joesley Batista, você não vai sair virgem daqui. A vida lhe deu muito, devolva”, brincou Nizan com o dono da Friboi.

De fato, as pessoas na noite estavam generosas. A Amfar conseguiu arrecadar 3 milhões de dólares, dinheiro que vai ser empregado em pesquisas. O mesmo altruísmo não foi visto entre algumas celebridades. “Por favor, não”, repetia Kate Moss a todos (eram muitos) que tentavam tirar foto com ela. A modelo estava linda com um vestido vermelho da grife Yves Saint Laurent. Aliás, o modelo em questão foi o assunto da noite: era o mesmo usado por Mariana Weickert.

  • Voltar ao início

    Compartilhe essa matéria:

  • Todas as imagens da galeria:

Conhecida pelo temperamento esquentado, Naomi Campbell era uma das mais simpáticas. Caiu no samba no show de Martinalia e distribuiu sorrisos. Passou parte da festa ao lado da amiga Lea T., que estava com apliques novos e parecia a Rapunzel. Detalhe: mesmo dentro da festa, Naomi circulava sob escolta de um segurança.

Um macaco prego chamado Skinner e, acreditem, vestido de smoking foi o personagem mais fotografado, e olha que por ali não faltavam celebridades. “Esse bicho não e lindo?”, perguntou Luiza Brunet, maravilhosa com um vestido vermelho. O dono da casa onde ocorreu a festa e um, digamos, entusiasta do mundo animal. Ele tem uma espécie de zoológico em sua residência, com pássaros, macacos e, dizem os mais próximos, um felino selvagem.

As joias usadas pelas convidadas eram um capitulo a parte. Raquel Correa, diretora de marketing da JHSF, estava com um par de brincos de esmeralda assinados por Silvia Furmanovitch. O colar de brilhantes Lucilia Diniz também era um dos mais bonitos. “Faço questão de ajudar essa festa porque sonho com a cura da Aids”, disse ela, que estava a mesa ao lado do amigo Alexandre Pires.

Parte do dinheiro arrecadado na festa ira para a associação Viva Cazuza. A noite rolou até altas horas, quando Dinho abriu sua boate particular no subsolo de sua casa. O bufe foi do Fasano, a cerveja foi Karavelle e a champanhe, Moet & Chandom. Tudo servido com muita generosidade. 

Fonte: VEJA SÃO PAULO