Crianças

"Sabrina, 40 Fantasmas..." capricha na sonoplastia

Em cartaz até o próximo dia 30, montagem do grupo Cuidado que Mancha reúne três contos da atriz e diretora Raquel Grabauska e do músico Gustavo Finkler

Por: Clara Nobre de Camargo - Atualizado em

Cuidado que Mancha 2200
Raquel Grabauska, Simone de Dordi e Gustavo Finkler: sem cenário (Foto: Jefferson Coppola)

Reinaugurado em dezembro depois de quatro anos em reforma, o Sesc Belenzinho dispõe de instalações novinhas. Um motivo adicional para conhecer a unidade é a peça Sabrina, 40 Fantasmas, Mais uns Amigos e Outras Histórias, em cartaz até o dia 30. Trazida à cidade pelo grupo gaúcho Cuidado que Mancha, a montagem reúne três contos escritos por Raquel Grabauska, também atriz e diretora, e pelo músico Gustavo Finkler, narrador e responsável pelos caprichados efeitos sonoros. No palco praticamente sem cenário, a autora (um tanto caricata) se reveza com a atriz Simone de Dordi em diversos papéis.

Abre o espetáculo "Sabrina, 40 Fantasmas Mais uns Amigos", no qual uma menina ouve estranhos barulhos durante a noite. Apavorada, ela tenta convencer sua mãe da existência das assombrações responsáveis pelos ruídos. Em seguida, "Nem Mais um Piu" mostra uma espevitada passarinha que detesta comer minhoca. Cada vez mais magra, ela precisa dar um jeito na sua alimentação. Uma geniosa garota cujo humor fica péssimo nos dias de chuva está em "Renilda e o Frango que Fazia Chover", a última parte da apresentação. Criativo, o grupo tira proveito dos vários momentos de interação com a plateia e ganha pontos ao extrair sons de objetos como bandejas e chocalhos.

AVALIAÇÃO ✪✪✪

 

Fonte: VEJA SÃO PAULO