Abastecimento

Sabesp cogita fazer rodízio de água ainda em 2014

Sistema da Cantereira atingiu menor índice da história da terça-feira (8), ao chegar a 12,7% do seu nível total

Por: Redação VEJASÃOPAULO.COM - Atualizado em

cantareira reservatorio jaguari jacarei
Reservatório Jaguari-Jacareí: só com 14% da capacidade (Foto: Mário Rodrigues)

A Sabesp informou em um relatório divulgado recentemente que pode ser necessário fazer rodízio de água na região metropolitana de São Paulo ainda em 2014. É a primeira vez que a empresa admite que a medida talvez tenha que ser adotada.

+ Seca e falha de gestão causam crise de água em São Paulo

A constatação está no Relatório de Sustentabilidade 2013, documento que apresenta resultados e projeta ações para o próximo ano. "Se as chuvas não retornarem a índices adequados e, consequentemente,os níveis dos reservatórios não forem reestabelecidos, poderemos ser obrigados a tomar medidas mais drásticas,como o rodízio de água", informa o texto. Nesta quarta (9), o Sistema Cantareira está a 12,7% de seu nível total.

tabela agua 3
(Foto: Bruno Niz)

Do início dos anos 70 até hoje, a população da capital dobrou e o uso de água aumentou na mesma proporção (atualmente, o consumo per capita é de 140 litros diários). A partir de 2004, o Palácio dos Bandeirantes recebeu pelo menos quatro alertas sobre a fragilidade da política hídrica, sendo que o mais recente deles, de 2013, partiu de um estudo encomendado pelo próprio governo estadual. Em resposta, a Sabesp aumentou em 50% a capacidade de tratamento de água do Alto Tietê numa obra realizada em 2009.

+ Programa para economizar água é ampliado pelo governo

Entre 2008 e 2014, a empresa também conseguiu reduzir de 33% para 25% o índice de perdas por vazamentos, provocados por falhas de infraestrutura, como canos velhos e malconservados. A reação das autoridades diante do problema, no entanto, mostrou-se insuficiente para proteger a cidade.

 

 

Fonte: VEJA SÃO PAULO