Trânsito

Trecho da rua Teodoro Sampaio é interditado a partir desta segunda (5)

Percurso entre a Avenida Brigadeiro Faria Lima e a Rua Cunha Gago deve ser evitado. Nova faixa de ônibus norte-sul também causa lentidão nas principais vias da cidade

Por: Redação VEJA SÃO PAULO - Atualizado em

teodoro-sampaio
Trecho da Teodoro Sampaio será interditado por noventa dias (Foto: Reprodução / Google)

A segunda-feira de volta às aulas começou com dois nós no trânsito da cidade que, por volta de 9h, registrava 91 quilômetros de lentidão segundo a Companhia de Engenharia de Tráfego (CET).

Desde as 5h da madrugada desta segunda (5), um trecho da Rua Teodoro Sampaio, em Pinheiros, que passa entre a Avenida Brigadeiro Faria Lima e a Rua Cunha Gago, próximo a saída da estação Faria Lima do metrô, foi interditado para dar continuidade às obras de reconfiguração geométrica e adequação do pavimento na região do Largo da Batata.

A interdição vale para o trânsito geral, exceto ônibus, e está prevista para durar noventa dias. A faixa exclusiva de ônibus existente na Teodoro Sampaio será preservada. Porém, os pontos de ônibus serão desativados.

Também nesta segunda começou a funcionar a nova faixa de ônibus norte-sul, que tem início no túnel do Anhangabaú, passando pelas avenidas 23 de Maio, Rubem Berta, Professor Ascendino Reis, Moreira Guimarães e Washington Luís, até 200 metros após a avenida jornalista Roberto Marinho.

No mesmo horário, por volta de 9h, o trânsito no local era de 7 quilômetros, a partir da avenida Rubem Berta. Homens da CET ainda trabalhavam na sinalização da nova faixa, que confundiu alguns motoristas.

Alternativa

A recomendação para os motoristas que passam pelas ruas Pais Leme, Butantã e Avenida Brigadeiro Faria Lima é seguir pela rua dos Pinheiros e Cunha Gago para retornar à Teodoro.

Por conta da interdição, a rua Doutor Manoel Carlos Ferraz de Almeida fica também sem acesso para a Rua Teodoro Sampaio e os ônibus com ponto final na via serão transferidos para a Avenida Brigadeiro Faria Lima, entre as ruas Cristóvão Gonçalves e Bartolomeu Zunega.

Os ônibus que fazem ponto final na Rua Cardeal Arcoverde, próximo à Rua Baltazar Carrasco, e se utilizam da Rua Doutor Manoel Carlos Ferraz de Almeida para acessar a Teodoro Sampaio terão o itinerário alterado pelas ruas Pedro Cristi, Cunha Gago, Edson Dias e Av. Pedroso de Morais.

Fonte: VEJA SÃO PAULO