Consumo

Rua Florêncio de Abreu: ferramentas

As lojas, que somam mais de cinquenta, estão na região há cerda de 100 anos

Por: Flávia Salvetti, Kiki Romero, Nana Caetano e Paula Ungar. Colaborou Luciana Dleizer - Atualizado em

Está atrás de uma furadeira último modelo? Um chuveiro a gás como os de antigamente? Pregos, parafusos, mangueiras? Quem sabe um cortador de grama ou um carrinho de supermercado? Não deixe de visitar esta rua, bem perto da 25 de Março e da estação São Bento do metrô. As lojas de ferramentas, que somam mais de cinqüenta, estão ali há cerca de 100 anos. Algumas delas, como a De Meo e a Casa da Bóia, continuam nas mãos das famílias fundadoras. A Casa da Bóia mantém a arquitetura e a decoração do início do século XX. É como visitar um minimuseu de bóias para caixas-d'água, chuveiros e artigos de cobre como tachos e alambiques. O público-alvo da rua é predominantemente masculino. Tem loja, inclusive, que já deixa isso claro no nome. É o caso da Casa dos Machos, no número 507.

Maletas de alumínio, R$ 60,00 a pequena, R$ 84,00 a média e R$ 135,00 a grande. De Meo, Rua Florêncio de Abreu, 271, centro, Tel. 3312-3200.

Furadeira Bosch, R$ 280,00. N.O., Rua Florêncio de Abreu, 353, centro, Tel. 3227-5111.

Pá dobrável Tramontina, R$ 63,00. Minaf, Rua Florêncio de Abreu, 452, centro, Tel. 3228-0833.

Carrinho de plástico, R$ 90,00. Cideral, Rua Florêncio de Abreu, 359, centro, Tel. 3229-5658.

Tesoura poda-galhos, R$ 30,00. DM, Rua Florêncio de Abreu, 314, centro, Tel. 3313-0711.

Carrinho para ferramentas, R$ 80,00. Casa da Bóia, Rua Florêncio de Abreu, 123, centro, Tel. 3227-0999.

Kit parafusadeira com detector de estrutura dry wall Black & Decker, R$ 126,00. AFG, Rua Florêncio de Abreu, 85, centro, Tel. 3313-5300.

Fonte: VEJA SÃO PAULO