Criminalidade

Roubo e furto crescem na capital paulista

Casos de homicídio tiveram queda, assim com latrocínio

Por: Redação VEJA SÃO PAULO - Atualizado em

No mês de julho, o número de roubos e furtos, especialmente a carros, aumentou na capital paulista. A Secretaria de Segurança Pública divulgou nesta segunda (26) os dados de criminalidade da cidade e do estado. 

As estatísticas apontam que a quantidade de roubos a carros subiu 25,3% em São Paulo, comparando os casos de julho de 2013 aos de julho de 2012. No acumulado dos primeiros meses do ano, o aumento foi mais significativo: 26,6%. Os roubos em geral também cresceram. Em julho de 2012 foram 9.616 casos contra 11.382 neste ano, o que significa alta de 18%.

O número de furtos a veículos aumentou em 21,8% na comparação de mês a mês. Já no acumulado do ano, o aumento não é tão grande: foram 9,5% de casos a mais. Os furtos em geral se mantiveram estáveis. 

Homicídio

A cidade também registrou o menor número de homicídios para o mês de julho dos últimos 12 anos. Foram 85 casos neste mês, contra 92 em julho de 2012, uma queda de 7,6% de casos.

Os latrocínios também diminuíram na comparação mês a mês, caindo de 12 para 11 casos. No total do ano, porém, ainda há uma alta de 29,4%. Nos primeiros sete meses de 2012 foram registrados 68 casos, contra 88 em 2013. 

Fonte: VEJA SÃO PAULO