Cidade

Após assalto, advogado atropela o suspeito nos Jardins

O assaltante portava um arma de brinquedo e segue internado; motorista pode ser acusado por lesão corporal

Por: Redação VEJA SÃO PAULO

Na noite da última quarta (12), um advogado atropelou o suspeito de tê-lo assaltado no cruzamento da Alameda Jaú com a Rua Haddock Lobo, nos Jardins, Zona Oeste. De acordo com informações do 78º DP, onde o caso está sendo investigado, por volta das 21h, a vítima seguia para um restaurante na região com a namorada, quando foi surpreendido em um semáforo.

Na ocasião, o homem atropelado, que alegou ter menos de 18 anos, portava uma arma de brinquedo e estava sem nenhum documento de identificação. O advogado disse em depoimento que o suspeito pediu seu celular e o relógio, avaliados em R$ 15 mil. Ainda durante o depoimento, a vítima afirmou que agiu por impulso.

Apesar de ter sido assaltado, ele pode ser indiciado por lesão corporal, caso a polícia demonstre que agiu para ferir o suposto ladrão. O jovem atropelado segue internado no Hospítal das Clínicas, fora de risco.

Mais informações sobre o caso no portal VEJA.COM.

Fonte: VEJA SÃO PAULO