Comidinhas

Rotisseria Panela de Ferro faz doces e bolos com carinha de avó

Ao subir a escada que leva ao salão de trinta lugares, é possível escolher entre massas frescas, carnes e salgados

Por: Por Helena Galante - Atualizado em

Nascida em Mococa, no interior do estado, Maria Eugênia Xavier Rizzo chegou à capital há pouco mais de quinze anos. Depois de trabalhar por uma década numa consultoria gastronômica, recebeu de dois sócios o convite para comandar um negócio próprio. Surgiu aí a rotisseria Panela de Ferro, instalada desde o fim do ano passado num sobrado de tom ocre e paredes envidraçadas na Vila Madalena. Na entrada, duas lousas escritas a giz indicam as pedidas do dia. Ao subir a escada que leva ao salão de trinta lugares, é possível escolher entre massas frescas, carnes e salgados.

Mais atrativos, contudo, são as compotas e os bolos fresquinhos, saídos do forno sempre a partir das 3 da tarde. Um deles, feito de iogurte, recebe cobertura de açúcar e canela (R$ 16,90, o quilo). A úmida versão de maçã, uva-passa e canela sai por R$ 18,90, o quilo. Para provar ali mesmo uma fatia acompanhada de uma xícara do café Baronesa, cultivado no sul de Minas Gerais, paga-se R$ 4,00. Receita familiar, o doce de mamão verde ganha a forma de espiral. A fim de conseguir esse efeito, as fatias da fruta são costuradas antes de ser fervidas em água e imersas em calda de açúcar. Depois disso, a linha é retirada. O pote de 1 litro custa R$ 12,90. Na hora do almoço, vá de picadinho de filé-mignon, arroz, feijão e couve refogada com alho (R$ 17,90). Há também tortas individuais de alho-poró, frango e cogumelo shimeji, entre outras, por R$ 4,00.

Rua Girassol, 320, Vila Madalena, % 3032-3034. 10h/19h (sáb. até 18h; fecha dom.). Cc: D, M e V. Cd: todos. Estac. no nº 309 (grátis). a q

 

Fonte: VEJA SÃO PAULO