Carnaval

Rosas de Ouro apresenta a senha para o mundo da sorte

Confira o samba-enredo da escola baseado na história de Ali-Babá

Por: Bruna Gomes e Gabriela Simionato - Atualizado em

Rosas de Ouro - Carnaval 2010
Rosas de Ouro: escola foi a campeã do Carnaval 2010 (Foto: Caio Pimenta/SPTuris)

"Abre-te Sesamo, a Senha da Sorte"

Compositores: Armênio Poesia, Aquiles da Vila, Chanel, Mauricio Paiva, Marquinhos Boldrini, Wagner Rodrigues e União

Eu tenho a sorte de ser feliz

Abençoado pelo Criador

Minha estrela, vai brilhar

Essa avenida é o meu lugar

Sou roseira, vou te levar

Hoje a sorte vai me acompanhar!

Abre-te Sésamo

Um tesouro vai se revelar

É de ouro a rosa à florescer

Pro nosso sonho se realizar

O destino estava escrito

Em nossa imaginação

A vida não passa de um jogo

Eu quero ser campeão!

Vou proteger meu caminhar, eu vou!

Minha sorte onde andará? Chegou!

Nessa conquista, eu tenho fé

Na minha rosa, meu amor "Deu bem-me-quer"

Ah cigana...

Segredos vão se desvendar

Os caminhos, em nossas mãos vão se encontrar

É divino, o futuro que virá!

Quem dera o bilhete premiado

Sentir a emoção do resultado

Vou acreditar, entrei no jogo pra ganhar!

Rosas de Ouro, pode apostar!

Canta forte meu povo

Diz aí o que vai dar...

 

Fonte: VEJA SÃO PAULO