Mistérios da Cidade

Rita Lee faz bazar com 500 de seus objetos no Lions Nightclub

Estarão à venda roupas usadas em shows, instrumentos, acessórios e peças de estilistas como Alexander McQueen

Por: Mauricio Xavier [Com reportagem de Carolina Giovanelli, Catarina Cicarelli e Isabela Villalba] - Atualizado em

Rita Lee - bazar_2195
Bazar da Rita Lee: fantasia de bruxa dos Mutantes também estará por lá (Foto: J. Ferreira da Silva)

A cantora Rita Lee resolveu abrir o armário. Neste sábado (11), entre 18h e 23h, será realizado um bazar com mais de 500 objetos da roqueira no Lions Nightclub. A organização é da nora da artista, Camila Fremder, e a entrada custa 20 reais (consumíveis).

Estarão à venda roupas usadas em shows, instrumentos, acessórios e peças de estilistas como Alexander McQueen. A pista de dança abrigará uma exposição com vinte figurinos de seus mais de quarenta anos de carreira. Rita preparou um texto para explicar a história de cada item. As fantasias dos Mutantes também estarão por lá, incluindo a de bruxa (foto), da década de 60. Confira um papo que tivemos com a Rainha do Rock por e-mail. Rita não pretende ir ao evento.

VEJA SÃO PAULO - Qual foi a sensação de tirar quase tudo de dentro do armário? Rita Lee - Gargalhadas, lembranças e alívio.

VEJA SÃO PAULO - Você está passando por uma fase de desapego? Rita Lee - Com a idade, a gente vai percebendo que menos é mais. Nunca estive em um período tão feliz e de tantas conquistas.

VEJA SÃO PAULO - Vai ter lembrança para todo mundo? Rita Lee - O bazar é para meus fãs ficarem mais pertinho. Tem minhas bugigangas, com preços para todos os bolsos.

VEJA SÃO PAULO - Pretende realizar outros eventos para contar um pouco mais sobre a sua trajetória?

Rita Lee - Pedem muito para eu escrever uma biografia, mas acho que isso só rola quando a gente “ bate as botas”.

Fonte: VEJA SÃO PAULO