Humor

1. Risadaria: a Disneylândia do humor

O evento que acontece no Parque do Ibirapuera dura dois dias

Por: Dirceu Alves Jr. e Giovana Romani - Atualizado em

Risadaria_2156
O apresentador Paulo Bonfá e o palhaço-ator Wellington Nogueira, dos Doutores da Alegria: 4 milhões de reais em evento dedicado ao humor (Foto: Ligia Skowronski)

Se lugar de comer pizza é na pizzaria, lugar de dar risada é na... Risadaria. Esse é o nome do evento dedicado ao humor que vai tomar conta do Pavilhão da Bienal, no Parque do Ibirapuera, entre sexta (19) e domingo (21). “É uma iniciativa inédita no mundo”, diz Paulo Bonfá, apresentador da MTV e idealizador do projeto. “Abordaremos o tema em várias plataformas.” Com investimento de 4 milhões de reais, o 'Risadaria' reunirá mais de cinquenta humoristas. Programas que foram sucesso no passado, a exemplo de 'TV Pirata e Viva o Gordo', serão exibidos em doze aparelhos de televisão. Haverá também estações com rádios e 22 computadores, nos quais só vale acessar sites engraçados. Sessões de filmes protagonizados por Oscarito e Mazzaropi estão na programação, assim como debates temáticos — em um deles, no domingo, José Simão recebe os cartunistas Angeli, Laerte e Glauco*. Outras atrações são a exposição de figurinos de personagens interpretados por Chico Anysio e o espaço da ONG Doutores da Alegria. A entrada custa 30 reais e dá direito a assistir a apresentações que rolam de hora em hora. Estão confirmados os nomes de Marcelo Mansfield, Ary Toledo e Oscar Filho. Em um teatro de 888 lugares serão apresentados shows, que custarão entre 70 e 100 reais. De 'Casseta & Planeta' a 'Jogando no Quintal', passando pela dupla de mímicos australianos The Umbilical Brothers, o evento promete ser um parque de diversões para os fãs do gênero.

* Após o fechamento da edição impressa desta semana, o cartunista Glauco foi assassinado a tiros. Por causa do acontecido, a mesa-redonda em que ele participaria junto com os outros cartunistas Angeli e Laerte, no Parque do Ibirapuera, no domingo (21), foi cancelada. Ele será homenageado no evento.

Fonte: VEJA SÃO PAULO