Shows

Agora é a vez dos bateras

Stewart Copeland, que integrou o Police, e o ex-beatle Ringo Starr apresentam-se na cidade

Por: Carol Pascoal

Abre de shows 2242 - Ringo Starr e Stewart Copeland
A vez dos bateras: Stewart Copeland e Ringo Starr em São Paulo (Foto: Divulgação / Rob Shanahan)

Um ano após Paul McCartney lotar o Estádio do Morumbi em duas noites, mais um ex-beatle se exibe na cidade. Em noites mais modestas, é bom frisar, o baterista Ringo Starr, de 71 anos, faz dois shows no Credicard Hall. Considerado o quinto integrante do quarteto de Liverpool, pois substituiu Pete Best em 1962, o astro vem pela primeira vez ao país acompanhado da All Starr Band — composta de virtuoses como o guitarrista Rick Derringer e o multi-instrumentista Edgar Winter. Além de executar faixas de sua carreira-solo, a exemplo de “It Don’t Come Easy” e “Photograph”, ele assume o microfone para cantar composições dos Beatles que ficaram conhecidas na sua voz, caso de “Yellow Submarine” e “With a Little Help from My Friends”. O hino pacifista “Give Peace a Chance”, de John Lennon, deve encerrar o espetáculo.

+ O que fazer no fim de semana

+ Confira as estreias da semana

+ Onde beber drinques em dose dupla

Stewart Copeland

Com curadoria do antropólogo Hermano Vianna e do jornalista espanhol Carlos Galilea, a 18ª edição do Percpan (Panorama Percussivo Mundial) tem como principal atração o baterista americano Stewart Copeland, de 59 anos. Ex-integrante do The Police, ao lado de Sting e Andy Summers, o instrumentista deixa o repertório da banda de lado na apresentação de sábado (12). Ele toca amparado pela La Notte della Taranta, orquestra italiana com 26 integrantes que baseia o som em música folclórica de seu país. A parceria traz um resultado interessante, como comprovam as faixas “Pizzica degli Ucci” e “Stornelli”. Na sexta (11), o evento recebe o rapper paulistano Criolo e o grupo marroquino B’Net Marrakech.

 

Fonte: VEJA SÃO PAULO