vale a viagem

Ribeirão Preto: quinze lugares e programas imperdíveis

Uma das mais modernas cidades paulistas reúne prédios históricos, bons endereços para beber cervejas artesanais e uma rica gastronomia

Por: Veja Cidades - Atualizado em

  • Voltar ao início

    Compartilhe essa matéria:

  • Todas as imagens da galeria:

Localizada a 315 quilômetros da capital, Ribeirão Preto prospera graças ao agronegócio. Sua população cresce a passos largos e mais que dobrou nos últimos trinta anos, passando dos 650 000 habitantes. Fundada em 1856, tem uma das maiores taxas de urbanização do país e se fortalece como destino turístico graças ao seu vibrante cenário gastronômico.

Para os turistas, a primeira recomendação é tomar uma tulipa de chope no célebre Pinguim ou visitar o Colorado Cervejarium, bar oficial da cervejaria local Colorado. Depois da largada, o roteiro pode incluir ainda refeições nos restaurantes Ancho Premium Beef e La Cucina Di Tullio Santini e, para refrescar, os gelados da Sorveteria do Geraldo, feitos de forma artesanal há quase cinco décadas. Também são atrativos da cidade o belíssimo Theatro Pedro II, que foi restaurado e exibe uma cúpula criada pela artista plástica Tomie Ohtake, e o Parque Doutor Luiz Carlos Raya, com cascatas e um amplo gramado.

Confira a seguir lugares e programas imperdíveis em Ribeirão Preto e arredores. Bom passeio!

1. Theatro Pedro II: o edifício, tombado como patrimônio histórico, passou dezesseis anos fechado após um incêndio em 1980. Restaurado, ganhou fosso para orquestra e uma belíssima cúpula, criada pela artista plástica Tomie Ohtake e adornada com um lustre de cristal em forma de gota d’água. Concertos sinfônicos, espetáculos de dança e montagens operísticas dividem a cena com apresentações populares. Endereço: Rua Álvares Cabral, 370 | Telefone: 16 3977-8111.

THEATRO PEDRO II 010
(Foto: Divulgação)

2. Museu do Café Francisco Schimdt: instalado em um casarão da década de 50, o pequeno museu abriga um acervo representativo da história da expansão cafeeira no estado de São Paulo. Encontram-se no espaço esculturas, carros de boi, troles e fotos do período áureo do café em Ribeirão Preto. Endereço: Avenida do Café, s/nº | Telefone: 16 3633-1986.

3. Parque Doutor Luiz Carlos Raya: rodeado por prédios, este parque inaugurado quatro anos atrás ao meio do agito da Zona Sul soma 40 000 metros quadrados. Em uma agradável área verde, o local exibe duas cachoeiras artificiais que preenchem lagos cheio de peixinhos, pista de corrida e aparelhos de ginástica. Detalhe: o acesso ao wi-fi é grátis. Endereço: Rua Severino Amaro dos Santos, s/n°.

4. Bosque/Zoo Fábio Barreto: Inaugurado em 1937, o bosque atrai quem procura tranquilidade. Há alamedas sombreadas, um agradável jardim japonês e até um mirante localizado a 45 metros de altura. Para alegria da criançada, o espaço abriga também o zoológico municipal, onde hoje existem 900 bichos de 119 espécies diferentes, como jacaré-de-papo-amarelo, veado-catingueiro e mico-leão-de-cara-dourada. Endereço: Rua Liberdade, s/n° | Telefone: 16 3636-2545.

BOSQUE 018
(Foto: Divulgação)

5. Café com chorinho: nas manhãs de domingo, a partir das 10h, a Secretaria Municipal da Cultura promove um encontro no Museu do Café da USP. Em vigor desde 1994, o evento reúne público cativo, que curte as apresentações de samba, bossa nova e chorinho do grupo Os Rouxinóis. Café, bolo, sucos e doces são oferecidos aos participantes. Endereço: Avenida Professor Doutor Zeferino Vaz, s/n°.

6. Santuário das Sete Capelas: o lugar, que levou quase dez anos para ser concluído, é composto de sete capelas distintas, dispostas em círculo. Com diferentes estilos arquitetônicos, elas homenageiam santos católicos. A primeira, de Nossa Senhora das Graças, é datada de 1948. Endereço: Praça Alto de São Bento, s/n° | Telefone: 16 3625-0507.

7. Museu Casa de Portinari: o programa não é exatamente em Ribeirão, mas vale percorrer os 30 quilômetros até ao município vizinho de Brodowski para conhecer a casa que serviu de moradia para o pintor Candido Portinari. No museu, gastam-se cerca de cinquenta minutos para apreciar os cômodos e objetos pessoais do artista, além de suas pinturas-murais feitas nas técnicas de afresco e têmpera, de temática predominantemente sacra. Endereço: Praça Candido Portinari, 289 | Telefone: 16 3664-4284.

MUSEU DA CASA PORTINARI  016
(Foto: divulgação)

8. Santa Farina Biscoitos: inaugurada em 2005, a casa faz sucesso graças aos biscoitos preparados em trinta versões. Maracujá, canela e lemon pepper estão na lista dos mais procurados, qualquer um deles a 52 reais o quilo. A campeã de pedidos, porém, é a bolachinha de aveia, servida durante quatro anos nas lojas da rede Daslu, em São Paulo. Endereço: Rua Platina, 94 | Telefone: 16 3916-4683.

9. Sorveteria do Geraldo: há quase cinco décadas na ativa, o simpático mestre-sorveteiro Geraldo Caramori, de 76 anos, é uma figura ilustre da cidade. Faça chuva ou faça sol, sempre tem gente nos seus dois endereços a fim de provar os gelados feitos de frutas frescas. Abacaxi, ameixa, morango, goiaba e abóbora com coco estão entre as opções, servidas em diferentes porções: a casquinha com 110 gramas custa 4 reais. Endereço: Avenida da Saudade, 901 | Telefone: 16 3961-1681; Rua Guiana Inglesa, 683 | Telefone: 16 3628-5364.

10. Cena cervejeira: dona de um agitado cenário microcervejeiro, Ribeirão abriga premiadas fábricas, cada uma com seu bar oficial na cidade. É o caso da Colorado Cervejarium (Endereço: Avenida Independência, 3242 | Telefone: 16 3911-4949), que exibe uma carta com mais de 150 rótulos de cervejas artesanais brasileiras, incluindo as da casa. No Bar Invicta (Endereço: Avenida do Café, 1365  |  Telefone:  16 3236-1365), pode-se conferir a linha de produção da bebida. A Invicta 1000 IBU, do tipo imperial india pale ale, é vendida ali por 20 reais (500 mililitros).

VILA DIONISIO   002
(Foto: Divulgação)

11. Vila Dionísio: para além dos bares mantidos pelas cervejarias, os ribeirão-pretanos têm à disposição outros endereços devotados à bebida. É o caso do Vila Dionísio, que exibe uma carta que reúne 200 rótulos de doze países, exemplares de artesanais nacionais e mais doze variações de chope. Para acompanhar os copos, a porção de coxinha de frango com catupiry custa 28 reais (doze unidades). Outro atrativo do lugar é a programação musical intensa: de terça a domingo, há shows de rock, blues e jazz. Endereço: Rua Eliseu Guilherme, 567 | Telefone: 16 3610-7416.

12. Pinguim: fundado em 1936, no então imponente Edifício Diederichsen, o bar até hoje ostenta a fama de servir o melhor chope do Brasil. Da marca Antarctica, é entregue na tulipa de 270 mililitros por 7,20 reais. No salão da matriz, decorado à moda dos antigos botequins, turistas são maioria. Nesse cenário cheio de nostalgia, eles aproveitam para petiscar lanches como o pinguim, de presunto, rosbife, salsichão, mortadela, mussarela, lombinho, azeitona e tomate no pão francês cortado em pequenos pedaços (23 reais), sob medida para acompanhar a afamada bebida. Endereço: Rua General Osório, 359 | Telefone: 16 3610-8258.

13. Ancho Premium Beef: no elegante salão com grandes janelas de vidro, que permitem a entrada de luz natural, são entregues carnes de raças como angus e wagyu, preparados na parrilla. Entre os mais requisitados, estão os cortes premium de contrafilé, como o bife ancho e o bife de chorizo (79 reais cada peça, entre 360 a 380 gramas).  Para acompanhar, escolhe-se entre arroz de limão, cebola assada e farofa de linguiça e bacon. Endereço: Avenida Professor João Fiúsa, 2040 | Telefone: 16 3610-9372.

Ribeirão Preto Chocolate com Pimenta
(Foto: Ligia Skowronski)

14. Bar Chocolate com Pimenta: O grande acerto do bar atende pelo nome de pitel. Trata-se de uma massa cremosa, moldada em forma de disco e empanada com farinha de pão, que pode ser recheada de carne-seca com catupiry, quatro queijos, berinjela com gorgonzola (7,90 reais cada uma) e camarão (8,20 reais). Das cervejas de 600 mililitros, a Serramalte sai por 7,70 reais. Endereço: Rua Alagoas, 222 | Telefone: 16 3013-2927.

15. La Cucina Di Tullio Santini e Amici Ristorante: Fundados pela família Santini, os dois restaurantes exibem uma esmerada cozinha italiana. Mais antigo deles, o La Cucina di Tullio Santini (Endereço: Avenida Antônio Diederichsen, 485 | Telefone: 16 3623-6361) tem cardápio de acento cantineiro e exibe receitas como o nhoque ao sugo com manjericão, servido sobre uma base crocante (56,40 reais). O Amici Ristorante (Endereço: Rua Olavo Bilac, 1280 | Telefone: 16 3235-9610), por sua vez, ganha pontos pelo ambiente e tem um menu de inspiração mais moderna, caso das costelinhas de cordeiro cozidas com ervas servidas junto de pappardelle ao molho da própria carne (86 reais, para duas pessoas).

+ ONDE FICAR

Araucária Plaza – Endereço: Rua João Penteado, 2103 | Telefone: 16 3913-1300 | araucariaplaza.com.br

JP – Endereço: Rodovia Anhanguera (SP-330), quilômetro 306,5 | Telefone: 16 2101-1400 | hoteljp.com.br

Comfort Inn & Suites – Endereço: Rua Armador Bueno, 1116 | Telefone: 16 2133-3999

Fonte: VEJA SÃO PAULO