Gastronomia

Dez restaurantes para comer peixe na Sexta-Feira Santa

Italianos, mediterrâneos e brasileiros preparam diversas receitas para a data

Por: Redação VEJA SÃO PAULO on-line

Zena Páscoa Bacalhau - 2213
Bacalhau sobre vegetais com pinhole: opção de Páscoa do Zena Caffé (Foto: Tadeu Brunelli)

É uma tradição que já vai além da religião: Sexta-Feira Santa é dia de comer bacalhau (ou, ao menos, peixe). O costume que precede o chocolate do domingo de Páscoa chega a diversos restaurantes da cidade. Italianos, mediterrâneos e brasileiros preparam receitas das mais variadas. Escolha o seu.

Biondi – Lombo de bacalhau guarnecido de cebola, uva-passa e batata rústica (R$ 65,00)

Bistrô Charlô – Pargo com camarão na companhia de raviolini de ervas (R$ 65,00)

Dalva e Dito– Bacalhau com legumes, ovo caipira e azeitona ao azeite de alecrim (R$ 63,00)

Emiliano – Bacalhau confitado, que integra o menu completo (R$ 130,00)

Johnnie Pepper – Salmão ao molho de maracujá guarnecido de legumes no vapor (R$ 42,00)

Le Manjue Bistrô – Jambalaia de bacalhau, uma espécie de risoto do estado americano da Louisiana (R$ 68,30)

Marakuthai – Bacalhau em postas ao leite de coco e manjericão (R$ 69,00)

Pecorino Bar e Trattoria – Bacalhau ao forno com polenta (R$ 44,00)

Ravioli Cucina Casalinga – Robalo grelhado ao molho de limão-siciliano escoltado por risoto de legumes (R$ 65,00)

Zena Caffè – Bacalhau sobre vegetais salpicado de pinhole (R$ 49,50)

Fonte: VEJA SÃO PAULO