ESPECIAL

"Comer & Beber" 2013: restaurantes para ir com cachorro

Confira a seleção dos melhores endereços dessa categoria

Por: Arnaldo Lorençato e Helena Galante - Atualizado em

Cachorro no restaurante Brado - blog bichos
Uma das visitantes de quatro patas do restaurante Brado: dezoito lugares disponíveis na área externa (Foto: Divulgação)

O guia “Comer & Beber” 2013 apresenta 450 restaurantes. Abaixo, a seleção de endereços onde os cães são bem-vindos:

+ Tudo sobre o "Comer & Beber" 2013

  • Gregos

    Acrópoles

    Rua da Graça, 364, Bom Retiro

    Tel: (11) 3223 4386

    VejaSP
    13 avaliações

    Grande perda para a gastronomia paulistana: o proprietário Thrassyvoulos Georgios Petrakis, o Seu Trasso, morreu em julho. A casa é tocada hoje pela filha dele, Niqui Petrakis. O esquema é o mesmo: ir até a cozinha envidraçada e escolher diretamente os pratos nas panelas. Uma das receitas preferidas do público é a mussaká (R$ 32,00), fatias de berinjela entremeadas de batata e carne moída.

    Preços checados em setembro/outubro de 2016.

    Saiba mais
  • Italianos / Cantina / Trattoria

    Bellosguardo

    Alameda dos Arapanés, 1344, Moema

    Tel: (11) 5533 3489 ou (11) 5533 1845

    VejaSP
    9 avaliações

    Famílias ocupam os confortáveis ambientes no fim de semana, quando filas se mostram inevitáveis. Bem molhadinha, a escarola recheada de farofa de pão, aliche, azeitona e alcaparra (R$ 37,20) funciona como entrada. De prato principal, escolha entre o fusilli feito na casa ao molho bolonhesa (R$ 67,10) e o ossobuco guarnecido de risoto milanês (R$ 85,20).

    Preços checados em setembro/outubro de 2016.

    Saiba mais
  • Pizzarias

    Bonde Paulista

    Rua Oscar Freire, 1597, Pinheiros

    Tel: (11) 3083 3928 ou (11) 3082 2668

    VejaSP
    6 avaliações

    Os lugares mais disputados nas noites quentes de verão fcam na varanda de piso vermelho e muitas plantas. No salão interno, boa notícia para as famílias: há mesas grandes e espaço para a circulação de carrinhos de bebê. A pizza ipiranga (R$ 68,30) mistura abobrinha, mussarela de búfala e parmesão rala; na versão que leva o nome da casa, queijos mussarela e catupiry são cobertos por bacon, cogumelo-de- -paris e alho (R$ 75,50). A chamada parada doce do cardápio (sim, as referências aos bondinhos estão em todo lugar) inclui sobremesas como pudim com calda de ameixa (R$ 14,80) e musse de chocolate (R$ 13,30).

    Preços checados em setembro/outubro de 2016.

    Saiba mais
  • Cozinha variada

    Brado

    Rua Joaquim Antunes, 381, Pinheiros

    Tel: (11) 3061 9293

    VejaSP
    22 avaliações

    Instalada entre a Rua dos Pinheiros e a Avenida Rebouças, a casa tem um agradável ambiente com teto transparente, varanda e uma mesa comunitária lançada neste ano em frente ao endereço. Frequentemente, o chef Pedro Vita mexe no cardápio sem nacionalidade definida para incluir pedidas como o peixe bonito selado servido com espuma de shoyu, guacamole e chips de mandioca (R$ 58,00). Antes, um bom aperitivo é a lula salteada ao lado de creme de batata, ovo de gema mole e cubos de linguiça espanhola (R$ 29,00).

    Preços checados em setembro/outubro de 2016.

    Saiba mais
  • Brasileiros

    Consulado Mineiro - Jardim Paulistano

    Rua Professor Artur Ramos, 187, Jardim Paulistano

    Tel: (11) 3034 3249 ou (11) 3816 0564

    VejaSP
    5 avaliações

    Estão, em três endereços, os cânones dos restaurantes mineiros na cidade: ambiente sem frescura, pratos fartíssimos e preços que não ferem o bolso. Com diferentes administrações de membros de uma mesma família, as unidades podem apresentar resultados distintos. Na Praça Benedito Calixto, porém, a cozinha costuma ter mais regularidade. Como filas ali são quase regra, recompense a espera bebericando uma caipirinha de tangerina preparada com a cachaça do barril (R$ 17,00). Faz ótima companhia aos pequeninos pastéis de carne-seca e requeijão (R$ 28,00 a dúzia). Disponível apenas de sexta, sábado e domingo, a rabada bovina (R$ 95,00) aparece mergulhada em caldo com tomate e folhas de agrião para ser provada junto de um cremoso angu. Mais sequinha, a costela de porco frita ao lado de linguiça é guarnecida de tutu de feijão, couve e arroz. Custa 89,00.

    Preços checados em 12 de julho de 2016.

    Saiba mais
  • Alemães

    Konstanz

    Avenida Aratãs, 713, Moema

    Tel: (11) 5543 4813 ou (11) 5041 0969

    VejaSP
    3 avaliações

    A casa de esquina, com estrutura de madeira escura e telhas aparentes, remete a uma tradicional taberna da Baviera, região no sul da Alemanha. Mas não espere encontrar mesas coletivas e funcionários vestidos a caráter, como é comum nesse tipo de estabelecimento. O cardápio elenca pratos clássicos, caso do kassler (R$ 56,00). Embora não seja brilhante, essa bisteca suína gigantona na companhia de chucrute e batata cozida desafia apetites mais frugais. Fazem sucesso, sobretudo durante o inverno, as fondues de queijo (R$ 108,00) e carne ao vinho (R$ 126,00), sempre em porções para duas pessoas.

    Preços checados em 21 de março de 2016.

    Saiba mais
  • Franceses

    Le Vin Bistro - Jardins

    Alameda Tietê, 184, Jardim Paulista

    Tel: (11) 3081 3924

    VejaSP
    5 avaliações

    Com toalhas de xadrez azul e branco nas mesas, as casas também têm o menu padronizado. Uma sopa para os dias frios, o clássico mix de batata e alho-poró surge cremoso e fumegante (R$ 35,20). O cassoulet nem sempre exala a riqueza de sabor dos cozidos, composto de feijão-branco durinho, lascas de pato e carne de porco (R$ 63,80). É melhor uma inclusão italiana, o risoto de camarão e rúcula (R$ 79,00). Termine com o pain perdu, a rabanada francesa com creme inglês e sorvete (R$ 19,80).

    Preços checados em setembro/outubro de 2016.

    Saiba mais
  • Cozinha contemporânea

    Mestiço

    Rua Fernando de Albuquerque, 277, Consolação

    Tel: (11) 3256 3165

    VejaSP
    15 avaliações

    A badalação persiste nesta casa do Baixo Augusta, aberta há quase vinte anos. Logo na entrada, ficam dois grandes vasos de barro cheios de água onde flutuam flores. A lista de receitas com um toque tailandês inclui a sopa sukhothai (R$ 41,00), caldo de frango e cogumelo shimeji temperado com leite de coco, capim-santo e pimenta, e o curry verde com filé-mignon e abobrinha (R$ 68,00).

    Preços checados em setembro/outubro de 2016.

    Saiba mais
  • Italianos

    Quattrino

    Rua Oscar Freire, 506, Jardim Paulista

    Tel: (11) 3068 0319

    VejaSP
    5 avaliações

    No fundo do salão principal montado pela restauratrice Mary Nigri, uma cozinha de finalização expede pratos rápidos na hora do almoço. Entre as opções executivas, aparecem o penne com tomate fresco e azeitonas (R$ 48,00) e o paillard com espaguete mais fininho ao molho de limão (R$ 48,00). No cardápio regular, a salada de lula grelhada com tomate e rúcula vem comos ingredientes separados (R$ 34,00) —misture-os bem para aproveitar o molho de ervas. Tradição da casa, o nhoque ganha uma versão de mandioquinha com carne-seca (R$ 52,00).

    Preços checados em setembro/outubro de 2016.

    Saiba mais
  • Cozinha contemporânea

    Ruella - Pinheiros

    Rua Vupabuçu, 199, Pinheiros

    Tel: (11) 3097 9257

    VejaSP
    10 avaliações

    Dá para entender fácil, fácil porque os casais gostam tanto daqui. Mesmo que uma ou outra receita não seja tão caprichada quanto o ambiente, as luzinhas por todos os lados e os girassóis que pendem do teto na unidade de Pinheiros encantam pelo clima romântico e roubam todas as atenções. Para começar, vá de bolinhos de arroz de risoto recheado de gorgonzola com um pouquinho de geleia de pimenta à parte (R$ 41,80). Mesmo em caso de primeiro encontro, não tenha vergonha de pedir uma porção extra do molho — seu acompanhante vai entender e apoiar a decisão. Dos peixes, vale pular o badejo trazido junto de um risoto de abobrinha e limão cozido demais (R$ 68,80) para ficar no risoto de bacalhau (R$ 75,80), temperado por cebola-roxa mais azeitona, brócolis, tomate-cereja e batata palha. O suspiro com sorbet de framboesa e calda de frutas vermelhas para encerrar sai por R$ 28,80.

    Preços checados em 20 de janeiro de 2016.

    Saiba mais

Fonte: VEJA SÃO PAULO