Restaurantes

Restaurantes onde bebês são bem-vindos

Enquanto os pais desfrutam sua refeição, fraldário, brinquedos e monitores deixam os pequenos à vontade

Por: Katia Calsavara - Atualizado em

Sair com um bebê pequeno para almoçar fora pode ser um prazer ou um incômodo. Além de precisarem carregar um aparato que inclui carrinho, mala, brinquedos e mamadeiras, pais e mães estão arriscados a mal tocar na comida caso os pequenos resolvam abrir o berreiro. A situação fica ainda mais complicada se o local escolhido não tiver uma estrutura adequada para atender crianças. É preciso verificar se o restaurante possui um bom espaço entre as mesas para estacionar o carrinho, se os setores para fumantes e não-fumantes são divididos e se há um cantinho confortável para trocar fralda – seja um fraldário, seja uma mesa adaptada no banheiro feminino. Entre os estabelecimentos que recebem bem os bebês na cidade (veja alguns no quadro abaixo), muitos contam com áreas próprias para a criançada se distrair enquanto os pais fazem sua refeição. Nesse caso, o programa torna-se agradável para todos – incluindo os adultos da mesa ao lado. Na lanchonete Applebee's, em Moema, por exemplo, a sala exclusiva tem brinquedos, videogame e TVs com desenhos animados. Monitores acompanham os passos da meninada. Como o chão é revestido de borracha, o bebê que já engatinha pode ficar ali.

"Nos fins de semana, espalhamos brinquedos pelo chão e jogamos amarelinha", diz Antônio Alves da Silva, gerente do Capim Santo, em Cerqueira César. "Um funcionário é destacado só para olhar as crianças." No Chácara Santa Cecília, em Pinheiros, mães e bebês passeiam por uma área verde com galinhas, patos e jabutis, enquanto monitores ensinam a fazer colagens, pinturas e bonecos de massinha. Separado do banheiro feminino, o fraldário garante maior privacidade. "A Marcela tem 10 meses e adora olhar os bichinhos", conta a telefonista Natália Pereira, cliente do restaurante. "Como o espaço é amplo, fico tranqüila porque não atrapalho os outros clientes."

Fonte: VEJA SÃO PAULO