Gastronomia

Seleção de 35 endereços que não esfolam o bolso do cliente

São 14 especialidades para fazer uma refeição completa (sem bebidas alcoólicas) e gastar até 70 reais por pessoa

Por: Arnaldo Lorençato - Atualizado em

Marcelo Corrêa Bastos, chef do Jiquitaia
Marcelo Corrêa Bastos, chef do Jiquitaia: uma das melhores estreias de 2012 (Foto: Fernando Moraes)

Comer na cidade está cada vez mais caro. Os preços dos restaurantes subiram tanto que VEJA SÃO PAULO teve de reajustar em setembro o valor para a classificação dos estabelecimentos com 1 cifrão indicados pela revista (para uma casa ser enquadrada nessa faixa, o teto de uma refeição completa por pessoa passou de 60 para 70 reais, incluídos couvert, um prato de custo médio, sobremesa, água mineral e serviço). Esse fenômeno coloca a capital paulista entre as metrópoles mais dispendiosas do mundo nesse campo, ao lado de Nova York, Londres, Paris e Tóquio (às vezes, até à frente).

+ As novidades do mundo da gastrononia no blog do Lorençato

+ Mais opções gostosas e baratas em Delícia de Conta

+ Confira outros restaurantes bons e baratos

É certo que, em muitos casos, os valores cobrados estão à altura do grau de sofisticação da culinária oferecida e podem ser justificados também pelos custos de operar em São Paulo (aluguel de ponto e mão de obra, entre outros fatores, embora nas quatro metrópoles há pouco citadas esses gastos sejam maiores). Tais explicações, no entanto, não aliviam o bolso dos clientes. Para ajudar as pessoas a encontrar oásis gastronômicos onde não se fique com a sensação de levar uma facada na hora de pagar a conta, selecionamos 35 endereços de catorze especialidades que oferecem uma boa relação entre custo e benefício. Foram excluídos os locais que não funcionam nos fins de semana, bufês com preço fechado e os quilos, assim como as pizzarias, tradicionalmente mais em conta. Por fim, não entraram na seleção almoços executivos.

Confira abaixo os estabelecimentos, por especialidade.

+ Alemão

+ Árabes

+ Brasileiros

+ Carnes

+ Chineses

+ Contemporâneo

+ Espanhol

+ Francês

+ Indiano

+ Italianos

+ Japonês

+ Naturais

+ Português

+ Variados

 

Fonte: VEJA SÃO PAULO