Restaurantes

Oito cantinas com pratos para partilhar com a família e os amigos

Fartura é a palavra de ordem nessas casas que preparam receitas suficientes para dois ou até três apetites

Por: Nicole Dib - Atualizado em

Famiglia Mancini
Famiglia Mancini: a clássica massa à bolonhesa  (Foto: Divulgação)

O data "oficial" para sair em grandes grupos de amigos e com a família quase sempre é o domingo. Mas existem lugares que o clima de festa por causa das porções fartas e para partilhar -- ótimas em para atender orçamentos mais apertados em tempos de crise -- rola em qualquer dia da semana. Os endereços certos nesses casos são instituições paulistanas: as boas e velhas cantinas. Elas mantêm em seu cardápios massas e outros pratos capazes de alimentar duas ou três pessoas com uma única porção. É um exagero de comida.

+ Quatro endereços italianos que servem 40% de desconto 

Cantina D'Ângelo: se quiser fugir da tradicional lasanha de massa branca, experimente a versão verde de queijo mussarela coberta com os molhos branco e à bolonhesa (R$ 53,00). Coberturas como o mare e monti, feito com tomates pelados, camarões, shiitake e ervas (R$ 63,00), e o alla romanesca (R$ 56,00), com base de molho branco, cogumelos, presunto, ervilhas e gratinado sobre as nove opções de massa, ou ainda o alla d'angelo (R$ 54,00), elaborado com alcaparras, aliche, atum e azeitonas, estão entre as opções de molhos para servir o macarrão, que pode ter o valor final um pouco mais alto se a escolha for por versões recheadas, importadas ou feitas à mão. Todos os pratos servem duas pessoas, ou mais, com aumento de preço. 

Cantina do Piero - alcachofra
Cantina do Piero: rigatoni com fundo de alcachofra (Foto: Divulgação)

Cantina do Piero: para uma massa com molho vermelho, escolha o rigatoni à matriciana (R$ 91,30), temperado com salsinha, orégano, alho, manjericão e bacon. Recheada de ricota, presunto, mussarela e carne, uma lasanha de massa verde, contrastando com a cor vermelha do molho, pode sair quentinha do forno por R$ 87,10. O tradicional spaghetti pode chegar à mesa coberto com um molho de tomate mais forte na presença do queijo gorgonzola derretido, manjericão, cebola, orégano, alho e salsinha (R$ 106,90). Dino zoff (R$ 90,20), molho rosé com cogumelos-de-paris e gratinado com gorgonzola mais catupiry, também consta no cardápio para finalizar qualquer massa. 

Cantina Gigio: uma farta porção do clássico fettuccine à parisiense (R$ 134,40) pode servir até quatro pessoas, como também o penne alla vodka feito na manteiga, com cebolas, bacon, molho de tomate, creme de leite e pimenta vermelha (R$ 106,10). O tradicional nhoque e mais 13 opções de massa da lista podem ser cobertos por molhos, como o al limone (R$ 93,50), que vai creme de leite, parmesão, raspas e suco de limão e vodca, ou ainda outra opção feita com creme de leite, vinho branco, manteiga, alho-poró, cebola e iscas de salmão (R$ 130,20)

Don Pepe Di Napolié batizado de francesco paolo o espaguete ao molho de tomate em pedaços, azeitona preta mais cubos de filé-mignon e berinjela (R$ 84,00). Com Santa Maria no nome, o rondele recheado de presunto, mussarela e ricota vem coberto com molho branco acrescido de gorgonzola, catupiry e servido para até duas pessoas depois de ser gratinado (R$ 81,00). Requejião, bacon e uma mistura de branco mais ao sugo cobre o cappelletti à moda (R$ 80,00). Com toque de uísque, o ravióli puerta de sol leva molho branco e cogumelo-seco (R$ 75,00). De coloração verde devido ao espinafre, o raviolone dela mamma é servido ao molho branco com cogumelo-seco (R$ 75,00). 

+ Ex-Fasano, chef Salvatore Loi abrirá dois restaurantes na cidade 

Famiglia Mancini
Famiglia Mancini: fettuccine de frutos do mar (Foto: Ligia Skowronski)

Famiglia Mancinipara dividir até três pessoas, a conchiglia, massa recheada de quatro queijos, ao molho branco e catupiry é servida com quatro escalopes de filé-mignon gratinados (R$ 146,00). Clássico preparo que leva gemas de ovo, bacon e, nesta cantina, creme de leite, o espaguete à carbonara sai da frigideira na presença do tomate-cereja, parmesão, cebola, salsinha e manjericão (R$ 98,00). 

Ravióli do La Pergoleta
Ravióli verde de mussarela de búfala ao molho de tomate e manjericão: por R$ 69 no La Pergoleta (Foto: Divulgação)

La Pergoleta: feitas para servir até duas pessoas, as porções do rondelli verde ao quatro queijos (R$ 69,00), recheado com mussarela, provolone, catupiry e parmesão, e do ravióli di olivi (R$ 69,00), preenchido com uma mistura de azeitona verde mais catupiry e servido com confit de limão-siciliano, ganham a finalização do molho vermelho. Uma cobinação de vegetais e carne está presente nesta versão do fettuccine, que se completa com molho alho, óleo e brócolis mais maminha fatiada (R$ 79,00). O nhoque ganha recheio de mussarela e cor vermelha do molho à bolonhesa (R$ 69,00). 

Lellis Trattoriauma porção bem generosa do fusilli, aquela massa com jeitão de espaguete grosso feita artesanalmente, ao molho básico bechamel vem com catupiry e parmesão na finalização para sair dourado do forno. Custa R$ 72,70 e serve duas pessoas. Se quiser massa integral, o penne pode vir na versão alla primavera: molho de tomate, alho, orégano, azeite, manteiga, manjericão e mussarela de búfala para gratinar (R$ 108,90).  

Maremonti Trattoria & Pizza: não, não são as pizzas as únicas pedidas compartilháveis da Maremonti. Nascida pizzaria, a rede assume de vez sua faceta cantina chique ao fazer as receitas em versões para até três pessoas. É o caso do filé à parmigiana (R$ 119,00) guarnecido de fritas e arroz. Melhor ainda, a lasanha à bolonhesa (R$ 102,00) vem na travessa para que os clientes se sirvam. Completa a lista de pratos em tamanho-família o pappardelle coberto de ragu de ossobuco bovino e pernil suíno (R$ 106,00).

Fonte: VEJA SÃO PAULO