Roteiro

Os melhores restaurantes bons e baratos de São Paulo

Petí Gastronomia, Esquina Mocotó, Casa Portuguesa e Jiquitaia estão entre os endereços bacanas onde é possível comer bem sem gastar uma fortuna

Por: Redação VEJASAOPAULO.COM - Atualizado em

Petí Gastronomia
Um dos pratos do cardápio rotativo do Petí Gastronomia: músculo, tutano e quirela (Foto: Fernando Moraes)

 

Em tempos de preços altos, é bom ter a mão uma lista de casas com bom custo-benefício. Em nossa seleção, reunimos 32 restaurantes bons e baratos que caem bem em diversas ocasiões.

Na Zona Norte, o  Esquina Mocotó apresenta a elaborada culinária brasileira do chef Rodrigo Oliveira, enquanto o MoDi, em Higienópolis, prepara pratos italianos como ravióli de berinjela e ricota fresca ao azeite e salsinha sobre molho de tomate. O  Jiquitaia, no Baixo Augusta, serve um menu executivo por R$ 46,00 no almoço e R$ 69,00 no jantar. 

Confira abaixo a lista completa:

  • Brasileiros

    Arimbá

    Rua Ministro Ferreira Alves, 464, Perdizes

    Tel: (11) 3477 7063

    VejaSP
    Sem avaliação

    Não é exatamente a estreia da capixaba Angelita Gonzaga como chef na cidade. Ela comandou o Garimpos do Interior, na Vila Romana, no papel de titular do fogão. Agora, acaba de abrir o próprio negócio, onde mais uma vez se dedica às raízes culinárias caipiras de diversos rincões do país. Algumas são criações dela inspiradas em receitas existentes. É o caso da matula (R$ 29,50 a porção), um bolinho de farinha de milho recheado de galinha desfiada e um cheiro de queijo da Serra da Canastra. Mais substancioso, o rojão (R$ 48,90; 500 gramas) lembra uma cafta. Trata-se da carne de porco moída bem temperada e montada no espeto grosso de madeira. Outro de seus acertos é o boi no arado (R$ 42,50, para dois), uma chuleta com farofa e vinagrete um pouco mais firme para exercitar o maxilar. No caso dos pratos principais, as guarnições são pedidas à parte. O feijão-guandu-tropeiro (R$ 48,00, para dois) merece atenção pelo sabor. Evite o arroz pantaneiro (R$ 43,50), uma sem graça versão do arroz de carreteiro com dois ovos fritos por cima. De gostinho interiorano, a canjica vem com chantili de café (R$ 18,50) e faz a alegria do paladar. 

    Preços checados em 14 de junho de 2016.

    Saiba mais
  • Refeição em bufê

    Bibi

    Rua Jorge Coelho, 98, Itaim Bibi

    Tel: (11) 3078 7200

    VejaSP
    3 avaliações

    Há pedidas frias como o saboroso abacaxi laminado e salpicado de pimenta-rosa, a salada caprese e o tabule de frutas secas, item quase obrigatório. A seleção de pratos quentes pode incluir crepe de espinafre e berinjela à parmigiana. Não faltam arroz e feijão todos os dias. Sai a R$ 43,80 de segunda a sexta e R$ 72,00 aos domingos, com direito a sobremesa. Uma curiosidade: o restaurante fica no térreo de um edifício residencial e tem duas entradas, uma pela Rua Amauri e outra pela Rua Jorge Coelho.

    Preços checados em 2 de setembro de 2015.

    Saiba mais
  • Alemães

    Bierquelle

    Avenida Professor Papini, 169, Interlagos

    Tel: (11) 5666 3416

    VejaSP
    4 avaliações

    Para muitos, o restaurante é considerado longe de tudo — situa-se no extremo da Zona Sul, pertinho da Represa de Guarapiranga. Se você é dessa turma, deixe a preguiça de lado e dê uma chance à casa. E não é só pelo curioso salão que parece um chalé, escurinho e embalado por canções em alemão. Se quiser provar algum dos embutidos do cardápio, escale o “rodízio” (R$ 64,00), um prato com seis apetitosas variedades de salsicha e linguiça guarnecidas de chucrute e batata cozida. Não esqueça de lambuzar tudo com as cinco variações de mostarda — feitas ali também. Da lista de pratos principais, o páprica schnitzel (R$ 49,00), um bife fininho de pernil suíno empanado, chega coberto por molho de páprica, ótimo para molhar o spätzle, nhoque de farinha na forma de fios de macarrão que vem de acompanhamento. Para os amantes de fondues, há diferentes versões o ano todo, como a chamada diabo (R$ 137,00, para dois), de pimenta-verde mais queijos gruyère e estepe — de terça a quinta, tem 20% de desconto. Encerre a refeição com a curiosa panqueca de ovos coberta por calda de frutas e vinho (R$ 25,00), em porção farta.

    Preços checados em 28 de junho de 2016.

    Saiba mais
  • Cozinha variada

    Bona

    Rua Álvaro Anes, 43, Pinheiros

    Tel: (11) 3812 8400

    VejaSP
    Sem avaliação

    Dos mesmos donos do Gardênia, o restaurateur Kike Moraes e o chef Raúl Florenza, esse endereço variado tem uma atmosfera encantadora. No salão de paredes de tijolinhos pintados de brancos, há vasos com samambaias e cactos no salão, muita entrada de luz natural durante o dia e iluminação bem cuidada durante a noite. O clima é “de casa” — mas uma casa bem planejada. Também no cardápio há essa impressão de simplicidade caprichada. Entre os pratos do dia, há picadinho de filé-mignon acompanhado de ovo cozido em baixa temperatura (R$ 39,00), às quartas, e bacalhoada (R$ 43,00), às sextas. No almoço, há ainda opções de prato executivo a partir de R$ 33,00. Do cardápio regular, invista na entrada de polvo firme na medida, cortado fininho e disposto sobre um creme de batata (R$ 41,00), seguido do estrogonofe preparado com ketchup artesanal da marca Strumpf (R$ 39,50). Antes do expresso bem tirado, refresque o paladar com a torta de limão (R$ 12,50). 

    Preços checados em 10 de junho de 2016.

    Saiba mais
  • Cantina / Trattoria

    Cantina D'Angelo

    Rua Humaitá, 258, Bela Vista

    Tel: (11) 3106 4274

    VejaSP
    7 avaliações

    Cabe um aviso sobre o esquema de funcionamento da cantina fundada pelo falecido italiano Luigi D’Angelo e sua esposa Assunta Mazza D’Angelo. Num sistema bem familiar, a filha Rosa e seu marido, Raffaello, podem, por exemplo, decidir fechar a casa antes do previsto num jantar de pouco movimento. Essa surpresa inconveniente não se repete nunca no almoço, principalmente nos fins de semana. Tem cara de domingo em família a refeição composta de berinjela à parmigiana (R$ 32,00) seguida de espaguete ao molho de vôngole (R$ 61,00) ou ao brócolis com bastante alho (R$ 43,00). Para dividir, como todo o cardápio, a perna de cabrito acompanhada de batata corada mais brócolis sai por R$ 178,00.

    Preços checados em 13 de abril de 2016.

    Saiba mais
  • Portugueses

    Casa Portuguesa

    Rua Cunha Gago, 656, Pinheiros

    Tel: (11) 3819 1987

    VejaSP
    1 avaliação

    Apertadinha, a casa de esquina tem alguns dos salões com teto translúcido, que permite a entrada de luz natural. O restaurante de Maria João Martins funciona só para o almoço e está sempre cheio. Para a entrada, ela sugere um bolinho de bacalhau pequeno e baratinho (R$ 4,00), frito em formato que lembra o de um croquete, ou uma boa alheira (R$ 29,00). Há uma adequada variedade de pratos em tamanho individual. Seja na versão à estalagem (R$ 46,00), do pescado servido em lascas com batata ao murro e farofa de couve, ou à ribeiro alves (R$ 53,00), cozido com batata, ovo, cebola e brócolis, o bacalhau do Porto vem absolutamente sem sal. Uma pitadinha a mais e pronto. Uma tortinha de amêndoa com coco (R$ 6,90) é a opção doce sem gema de ovo para fechar a refeição. 

    Preços checados em 17 de junho de 2016.

    Saiba mais
  • Cozinha variada

    Clementina Forno & Fogão

    Rua Oscar Freire, 1582, Pinheiros

    Tel: (11) 3062 1130

    VejaSP
    Sem avaliação

    Deixe qualquer expectativa altíssima que o nome de Carla Pernambuco possa sugerir do lado de fora desse minúsculo endereço de almoço. A ideia da chef e sua sócia Carolina Brandão é servir comida saborosa, naquele preço que dá para pagar sem estourar o orçamento do mês. Na despretensão, elas conquistam a simpatia da clientela, que volta para provar os pratos do dia e algumas pedidas fixas, como o bife ancho fininho com manteiga de cogumelo ou molho de mostarda ao lado de batata frita (daquela congelada mesmo, mas bem fritinha) e salada. Pela refeição, pagam-se R$ 38,00. No meio da tarde, passe só para comer a coxinha de frango com catupiry (R$ 16,00 por quatro unidades) ou a empada de pupunha, milho e queijo cremoso (R$ 11,00). Não importa o horário, só não cometa o crime de não provar o sorvetão de leite em pó com doce de leite (R$ 15,00). Nesse caso, o índice glicêmico supera qualquer expectativa, mesmo as altíssimas.

    Preços checados em 13 de junho de 2016.

    Saiba mais
  • Cozinha contemporânea

    Ecully

    Rua Cotoxó, 493, Perdizes

    Tel: (11) 3853 3933

    VejaSP
    20 avaliações

    Bons anfitriões, os chefs e donos Juliana Amorim e Guilherme Tse Candido sabem deixar aconchegante o salão instalado atrás de uma loja de vinhos da importadora Grand Cru. Em dias de frio, por exemplo, trazem uma mantinha para aquecer quem se senta próximo às portas de vidro da lateral. Para uma agradável sugestão do mar, peça o tamboril com legumes, azeite de ervas, farofa de castanha e brotos (R$ 59,90).

    Preços checados em 24 de maio de 2016.

    Saiba mais
  • Brasileiros

    Empório Nordestino

    Largo da Matriz de Nossa Senhora do Ó, 144, Freguesia do Ó

    Tel: (11) 3931 3101

    VejaSP
    1 avaliação

    É uma das casas que margeiam o Largo da Matriz, ponto de encontro da Freguesia do Ó com jeitão de interior. Dentro do casarão rústico e arejado ou numa das mesinhas da calçada, dá para pedir boas receitas do sertão em porções fartas. Boa ideia de tira-gosto, o bolinho de mandioca e bacalhau (R$ 20,50; dez unidades) faz casório com a caipirinha de limão e melaço (R$ 16,50). Parta então para a carne-de-sol salgadinha feita com contrafilé e passada pela brasa. A chamada paraibana vem à mesa coberta de queijo de coalho na companhia de um pote de feijão-verde tropeiro e mandioca frita, em porção para duas ou três pessoas (R$ 95,00 e R$ 105,00, respectivamente). Em qualquer um dos tamanhos, a pedida dá direito ao bufê de saladas (somente no almoço) e guarnições, em que aparecem paçoca de carne-seca e purê de abóbora, entre outras pedidas. O senão fica para o final: o pudim de tapioca (R$ 7,50), consistente demais.

    Preços checados em 8 de julho de 2016.

    Saiba mais
  • Brasileiros

    Esquina Mocotó

    Avenida Nossa Senhora do Loreto, 1108, Vila Medeiros

    Tel: (11) 2949 7049

    VejaSP
    13 avaliações

    Mesmo a 20 quilômetros do centro, o Esquina Mocotó vale a viagem. Como seu irmão mais velho, o vizinho restaurantebotequim Mocotó, tornou-se um sucesso, com filas na porta nos fins de semana. Quem não chega cedo dá de cara com uma espera que ultrapassa facilmente uma hora e meia. O ímã para gente de todos os cantos da capital são os pratos de Rodrigo Oliveira. Não existe mesmice no cardápio montado por ele, já que as receitas estão sempre em renovação. Embora nascido em São Paulo, o chef se inspira em culinária do sertão nordestino, de onde vem seu pai, Seu Zé, fundador da casa-mãe. Numa mistura de terra e mar, o polvo grelhado vem com caldo de suã (espinhaço do porco), angu em cubos, acelga refogada e minirrabanete. Sai por R$ 64,90.

    Preços checados em 7 de junho de 2016.

    Saiba mais
  • Brasileiros

    Garimpos do Interior - Vila Romana

    Rua Marco Aurélio, 201, Vila Romana

    Tel: (11) 2339 5008 ou (11) 3862 9345

    VejaSP
    6 avaliações

    Ir ao restaurante é uma forma de dar um tempo da correria da cidade grande sem sair dela. Nesta casa com quintal na Vila Romana, dá para tomar sem pressa um café coado na hora (R$ 4,50) e uma cachacinha (R$ 12,00 a dose da mineira Vale Verde). O cardápio, repleto de receitas de jeitã ocaipira, sugere para começar o cocoricó (R$ 11,50), caldo cremoso de galinha, mandioquinha e milho. Da seleção de pratos principais, a carne de panela (R$ 82,00 para dois) é composta de nacos de coxão-mole e batata em um molho vermelhinho, próprio para comer com o arroz. Feijão, couve refogada e farofa complementam a pedida. Disponível apenas aos sábados, a feijoada (R$ 78,00 para dois) leva feijão-preto e não mais o manteiga, que era utilizado pela antiga chef, Angelita Gonzaga, agora no comando do Arimbá. Os minichurros preparados com farinha de milho (R$ 15,50) podem ser mergulhados tanto em doce de leite quanto em melaço. Trata-se de uma receita “sem glúten”, como indica o cardápio, num inevitável momento “tempos modernos”.

    Preços checados em 28 de junho de 2016.

    Saiba mais
  • Naturais

    Gopala Hari

    Rua Antônio Carlos, 429, Consolação

    Tel: (11) 3283 1292 ou (11) 3262 5591

    VejaSP
    5 avaliações

    O público jovem e desencanado sobe alguns degraus salpicados de pétalas de rosas antes de entrar no restaurante. As sugestões de toque indiano estão a cargo da chef Nrihari Devi, que não tem medo de usar derivados de leite nas receitas lactovegetarianas. Recheados de um mix de queijos, os enroladinhos de abobrinha servidos às quartas vêm ao lado de arroz integral misturado a pedaços de jaca verde desfiada (com textura de carne) e um saboroso cozido de lentilha aromatizado com garam masala, o misto de especiarias. A refeição completa, que inclui suco, salada e sobremesa, custa R$ 33,50 nos dias de semana e R$ 39,00 aos sábados. Não estranhe se o doce vier antes do prato principal — faz parte da filosofia da casa. Uma das opções açucaradas é o sandesh, bolinho de queijo fresco ao cardamomo recheado de doce de leite e umedecido por calda de manga. O lugar promete expandir o restaurante para o imóvel vizinho.

    Preços checados em 5 de julho de 2016.

    Saiba mais
  • Naturais

    Gopala Madhava

    Rua Antônio Carlos, 413, Consolação

    Tel: (11) 3253 3844

    VejaSP
    Sem avaliação

    Tem esquema bem parecido com o da casa irmã, o Gopala Hari (ambas formavam um só endereço até a cisão, em 2008): oferece duas opções de prato diárias, a conta é paga diretamente no caixa e a cozinha segue a linha lactovegetariana. A grande diferença: não aceita cartões de crédito como forma de pagamento, e os de débito podem ser utilizados apenas aos sábados. Por isso, muna-se de dinheiro, cheque ou vale-refeição antes de ir ao estabelecimento. Tomados pelo aroma de especiarias, os pequenos salões têm mesas convencionais e outras baixinhas, com almofadas no lugar de cadeiras. Supervisionada pela ex-monja Madhava Lila, a equipe prepara receitas lactovegetarianas. Às quintas, aparece a lasanha de três queijos ao molho de tomate. Os Os pratos saem por R$ 32,00 nos dias úteis e R$ 38,00 no sábado, sempre com direito a suco, salada e sobremesa. Se pedidos em meia porção, os preços caem para R$ 25,00 e R$ 30,00.

    Preços checados em 17 de maio de 2016.

    Saiba mais
  • Peixes e frutos do mar

    Il Pesce di Eataly

    Avenida Presidente Juscelino Kubitschek, 1489, Itaim Bibi

    Tel: (11) 3279 3300

    VejaSP
    Sem avaliação

    Repleta de pescados filetados e outros inteiros, a peixaria do Eataly desperta a veia cozinheira de quem gosta de comer. Para não ter trabalho, dá para provar alguns dos itens logo ao lado, no restaurante especializado em frutos do mar. Durante a semana, para não pegar fila, é preciso chegar antes do meio-dia, quando a maioria das empresas ao redor faz a pausa para o almoço. O atum em crosta de pistache vem acompanhado de tomate assado (R$ 62,00). Para abrir o apetite, o couvert com pão italiano feito lá mesmo e azeite basta.

    Preços checados em 6 de julho de 2016.

    Saiba mais
  • Brasileiros

    Jiquitaia

    Rua Antônio Carlos, 268, Consolação

    Tel: (11) 3262 2366

    VejaSP
    12 avaliações

    Desde que montou esta casa, três anos atrás, o chef paranaense Marcelo Corrêa Bastos vem mantendo o padrão da cozinha a preços para lá de razoáveis. É sempre surpreendente sua deliciosa moqueca de peixe do dia com camarão na companhia de arroz e farofinha de dendê (R$ 46,00). O baião de dois (R$ 46,00) incrivelmente úmido e aromático, porém, poderia ter uma dose bem menor de sal. Nas sobremesas, a musse de chocolate branco com calda de maracujá fresco (R$ 11,00) é para comer lentamente e com muito prazer. Além dos preços individuais dos pratos, a maneira mais indicada de saboreá-los é nos vantajosos combos de entrada, prato e sobremesa, montados livremente pelo cliente. No almoço executivo durante a semana sai por R$ 46,00, e no jantar e nos fins de semana custa R$ 69,00.

    Preços checados em 2 de março de 2016.

    Saiba mais
  • Cantina / Trattoria / Italianos

    La Pergoletta

    Rua Itapura, 1478, Tatuapé

    Tel: (11) 2092 3330

    VejaSP
    9 avaliações

    Fundada no Tatuapé, a cantina querida pelos moradores da Zona Leste começou sua “marcha ao oeste” com uma pequena filial na Rua Doutor Renato Pais de Barros, onde serve hoje apenas pratos individuais. No mesmo bairro, ganhou no meio deste ano uma filial maior na Rua Pais de Araújo, onde o sistema de funcionamento segue o da matriz: porções fartas para dois. Depois da bruschetta de tomate picadinho com mussarela (R$ 22,00), quem gosta muito de queijo pode pedir as conchas recheadas de quatro queijos ao molho de tomate com manjericão (R$ 94,00, para duas pessoas). Por engano, os camarões com espaguete artesanal, catupiry, presunto cru e alcachofra (R$ 145,00) podem ser trocados pelos crustáceos com alho, azeite, tomate fresco e manjericão com penne ao pomodoro (R$ 128,00). Uma desatenção do salão, salva pela cozinha: ambos os pratos são saborosos. Está de malas prontas para Los Angeles? Há uma filial do restaurante também por lá.

    Preços checados em 28 de junho de 2016.

    Saiba mais
  • Latinos

    La Peruana Cevichería

    Alameda Campinas, 1357, Jardim Paulista

    Tel: (11) 3885 0148

    VejaSP
    3 avaliações

    Não é difícil encontrar na cidade restaurantes que também adotaram o formato de food truck, como o Mocotó. Na contramão dessa tendência, o La Peruana nasceu como uma cozinha sobre rodas que atrai um montão de gente desde o ano passado. Agora, seu pequeno salão igualmente se tornou um sucesso instantâneo, com inevitáveis filas para quem não chega cedo nos fins de semana. O público procura pelas receitas simples e saborosas de Marisabel Woodman. A chef, nascida na cidade peruana de Piura, faz pedidas como o ceviche clássico (pescada-branca no leite de tigre, caldo de limão, temperos, pimenta com milho e purê de batata-doce; R$ 25,00), o trio de causas (batata amassada na forma de bolinhos frios cobertos por polvo, frango e camarão com siri; R$ 23,00) e o bolinho de mandioca recheado de carne bem temperada (R$ 21,00; seis unidades). De prato principal, o polvo parrillero (R$ 50,00) é o molusco grelhado com batata, cogumelo-de-paris, tomate e molho verde. Na sobremesa, o suspiro limeño (R$ 12,00), feito com vinho do Porto e apoiado sobre doce de leite, tem um gosto de “quero mais”.

    Preços checados em 21 de junho de 2016.

    Saiba mais
  • Japoneses

    Lamen Kazu

    Rua Tomás Gonzaga, 51, Liberdade

    Tel: (11) 3277 4286

    VejaSP
    12 avaliações

    Ficar na fila é praxe por aqui, mesmo para quem chega sozinho durante a semana e topa se sentar no balcão. Para agilizar o atendimento, o próprio hostess entrega o cardápio e anota o pedido antes mesmo de você se sentar. Uma vez acomodado, vai bem a porção de guioza de carne de porco batida na massa bem fina (R$ 23,00). Entre uma mordida e outra, observar a confusão organizada da minúscula cozinha é uma diversão. Parece improvável que ninguém se queime enquanto prepara o shio yassai (R$ 38,00), única versão de caldo vegetariano bem leve e fumegante onde são mergulhados fios grossos de massa, repolho, cenoura, alga marinha, cebolinha e gergelim. Na hora da sobremesa, o choux cream (R$ 5,20), uma carolina gigante recheada de creme servida num plástico, pode causar desconfiança. Mas não precisa não: ela é uma delícia.

    Preços checados em 5 de julho de 2016.

    Saiba mais
  • Espanhóis

    Maripili

    Rua Alexandre Dumas, 1152, Chácara Santo Antônio

    Tel: (11) 5181 4422

    VejaSP
    12 avaliações

    Imagine uma esquina concorrida. Agora acrescente filas de espera demais de meia hora, mesmo durante a semana. Assim é esse espanhol fora da rota convencional dos restaurantes. A clientela animada por vinhos em taça (a partir de R$ 11,00) ou pelo drinque tinto de verano (R$ 8,00) muitas vezes fica só nos petiscos, como o presunto cru servido com pães repostos constantemente (R$ 32,00) e a tortilha de batata (R$ 8,00). Nos dias de calor, invista no gaspacho bem ácido (R$ 8,00). Guarde apetite também para os pratos principais, de preços bem atraentes, a exemplo do solomillo (R$ 39,00), um saboroso filé ao molho de mostarda de Dijon. No quadro-negro, há ainda opções do dia. Para fechar, uma crema catalana bem docinha (R$ 10,00).

    Preços checados em 6 de julho de 2016.

    Saiba mais
  • Brasileiros

    Mocotó

    Avenida Nossa Senhora do Loreto, 1100, Vila Medeiros

    Tel: (11) 2951 3056

    VejaSP
    36 avaliações

    Se você não mora por perto do Mocotó, explicamos aqui os motivos pelos quais compensa ir ao restaurante-botequim em um dos extremos da Zona Norte. Além de muito boa, a comida é barata. Ainda não se convenceu? Basta provar o torresmo grande e carnudo (R$ 7,90), que vai à mesa cortado em pedaços. Também comprovam quanto vale a visita os outros petiscos e entradinhas, entre eles o feijão-de-corda no caldo com linguiça defumada, maxixe e quiabo (R$ 21,90).O cardápio segue com receitas do sertão nordestino, introduzidas pelo fundador da casa, José de Almeida, e revisada pelo filho dele, o chef Rodrigo Oliveira. Uma delas é o atolado de bode, cozido de carne de carneiro em pedaços com mandioca (R$ 49,90). Mais recente, a pescadinha do são francisco é um ensopado de pintado ao molho de tomate fresco com mix de arrozes agulhinha, integral vermelho e cateto parboilizado mais farofa de coco (R$ 49,90). O cremoso pudim de tapioca (R$ 14,90) ajuda a deixar a circunferência da cintura um pouco mais ampliada, mas que traz uma dose de felicidade, isso não há como negar. Quem não chega cedo aos fins de semana — o ideal é aparecer por lá minutos antes de a casa abrir — só não amarga na fila porque tem como antídoto uma das ótimas caipirinhas.

    Preços checados em 5 de julho de 2016.

    Saiba mais
  • Italianos

    MoDi

    Rua Alagoas, 475, Higienópolis

    Tel: (11) 3564 7031

    VejaSP
    13 avaliações

    O charmoso Edifício Paquita, a primeira sede do MoDi, não foi suficiente para acomodar a clientela, que vai em busca das caprichadas receitas do chef e sócio Diogo Silveira. A solução foi abrir uma filial bem pertinho, no Shopping Pátio Higienópolis. Nesse endereço, igualmente concorrido, o cardápio é idêntico. Provam-se massas como o ravióli de berinjela e ricota fresca ao azeite e salsinha sobre molho de tomate (R$ 29,00). Entre as inclusões do menu mais recentes estão o peixe do dia, na companhia de tagliolini ao alho e óleo e molho beurre meunière (R$ 43,00) e o entrecôte grelhado acompanha polenta cremosa, tomate confit e cogumelos (R$ 46,00). Para acompanhar esses e outros pratos, há uma carta de vinhos de ótima relação qualidade-preço, escolhida a melhor da cidade nesta edição de VEJA COMER & BEBER. No arremate, faz sucesso o pudim de limão-siciliano (R$ 13,00).

    Preços checados em 28 de junho de 2016.

    Saiba mais
  • Naturais

    Moinho de Pedra

    Rua Francisco De Morais, 227, Chácara Santo Antônio (Zona Sul)

    Tel: (11) 5181 0581

    VejaSP
    6 avaliações

    A fórmula deu certo e atrai uma vasta clientela, embora a conta esteja longe de ser barata. Como funciona? Todos os dias, a chef Tatiana Cardoso monta um cardápio com os melhores ingredientes que encontra no mercado. Prepara as receitas vegetarianas e as oferece num balcão. O cliente tem à disposição dois pratos do dia, um com uma única receita e o outro com quatro itens (R$ 40,00, segunda a sexta; R$ 48,00, sábado). Ambos são montados na hora. São exemplos o espaguete integral com molho de tomate fresco bem líquido e muito saboroso, acrescido de mussarela de búfala, azeitona preta e manjericão, e o quibe recheado de ricota e alho-poró, repolho refogado, lentilha com legumes e arroz integral salpicado de lâminas de amêndoa. Vendidas separadamente, há sobremesas como a torta de banana sem açúcar, onde os vários grãos dão textura similar à de uma barrinha de cereais em tamanho ampliado (R$ 18,00 de segunda a sexta; R$ 22,00 aos sábados).

    Preços checados em 21 de junho de 2016.

    Saiba mais
  • Árabes

    Monte Líbano

    Rua Cavalheiro Basílio Jafet, 38, Centro

    Tel: (11) 3229 4413 ou (11) 3326 3544

    VejaSP
    3 avaliações

    Como mudar da água para o vinho um passeio pela enlouquecedora região da 25 de Março? Pare para o almoço neste restaurante comandado por Alice Maatouk e sua filha Regina. No 1º andar de um prédio próximo à loja da Camicado, o salão com varanda não chega a ser silencioso — longe disso. Mas as esfihas assadas na hora são um bálsamo. Na versão fechada, o salgado recheado de espinafre puxado na cebola com um pouquinho de tomate sai por R$ 6,00. À la carte, dá para pedir o trio de sedosas pastas (R$ 33,50), meia-porção do arroz de cordeiro (R$ 22,50) e uma abobrinha recheada (R$ 25,50) e ficar plenamente satisfeito. Mas também há a opção do rodízio tradicional (R$ 63,90) ou vip (R$ 73,90), com dois pratos extras (haja apetite!). Quem está sempre por ali pode variar o cardápio com sugestões do dia. Às segundas, há um nada árabe, mas saboroso, virado à paulista, com tutu cheio de pedaços de bacon e ovo frito com a gema mole (R$ 34,50).

    Preços checados em 28 de junho de 2016.

    Saiba mais
  • Italianos

    Nello's

    Rua Antônio Bicudo, 97, Pinheiros

    Tel: (11) 3082 4365

    VejaSP
    8 avaliações

    O sucesso da matriz em Pinheiros se repete na filial da Vila Leopoldina. O cardápio aprovado pelo falecido fundador Nello Roberto de Rossi é supervisionado hoje em dia pelo olhar atento de sua mulher, dona Rina, eleita personalidade gastronômica no ano passado. Em família, ela mais os filhos e o genro garantem a regularidade das receitas, seja no atraente cardápio executivo, seja no à la carte. Para uma massa saborosa e mergulhada em molho branco, peça o nhoque que leva o nome da proprietária. Feito com ricota de búfala e espinafre, ele chega à mesa gratinado, por R$ 37,00.

    Preços checados em 6 de julho de 2016.

    Saiba mais
  • Mediterrâneos

    Paparyco

    Rua Cerro Corá, 719, Alto Da Lapa

    Tel: (11) 3023 2071

    VejaSP
    2 avaliações

    Numa região com poucas ofertas culinárias, essa casa surge como uma boa opção. Sua cozinha, de linhagem mediterrânea, inclui receitas de países, como Portugal, de onde vem o lombo de bacalhau ao forno colorido e perfumado por páprica com tirinhas de pimentão, cebola, tomate, brócolis e arroz (R$ 58,00). A Itália é representada pelo talharim fresco ao molho de tomate com camarão, polvo, lula e mexilhão (R$ 51,00). Ainda de lá, há o pernil de vitela fatiado com brócolis e batata (R$ 52,00).

    Preços checados em 21 de junho de 2016.

    Saiba mais
  • Cozinha contemporânea

    Petí Gastronomia

    Rua Cotoxó, 110, Perdizes

    Tel: (11) 3873 0099

    VejaSP
    1 avaliação

    De bandeja. Foi assim que o chef Victor Dimitrow, de 25 anos, ganhou o espaço no fundo da loja dos pais. Depois de estudar na Anhembi Morumbi (ele não se formou) e no Instituto Paul Bocuse, na França, ele aproveitou o aluguel na faixa para fazer uma casa de inspiração contemporânea a um preço beeem acessível. A empreitada misturou despojamento, compromisso e ousadia. Autoral, o menu completo custa R$ 43,50 — menos que em muito restaurante por quilo. Como ele consegue? Mutante, o cardápio inclui só o que está melhor e mais barato. O próprio chef está dia sim, dia não na Ceagesp e no Mercado da Lapa para conseguir peixes e carnes. Apenas três funcionários dão conta do movimento de setenta pessoas aos sábados. Com espírito de equipe, dividem-se entre funções e mantêm o clima informal. Um dos garçons, Vitor Almada, por exemplo, cuida também da horta. Nas horas vagas, ele e Victor trocam dicas de skate.

    Preços checados em 13 de junho de 2016.

    Saiba mais
  • Árabes

    Saj - Vila Madalena

    Rua Girassol, 523, Vila Madalena

    Tel: (11) 3032 5939

    VejaSP
    7 avaliações

    Tanto as pedidas frias, como a salada com queijo de cabra, pistache e damasco (R$ 43,80), quanto as quentes, a exemplo do quibe grelhado (R$ 37,90) e do faláfel com molho de gergelim servido numa jarrinha à parte (R$ 32,70), vão bem. Só não vale pular as entradas. A esfiha fechada de ricota bem úmida (R$ 6,60), a esticadinha de zátar de massa bem crocante (R$ 5,70) e os pães assados na casa (R$ 13,80) para acompanhar o trio de pastas (R$ 31,80) são uma delícia. Sobremesa inevitável, o chocolamour (R$ 21,90) leva na pequena taça uma quantidade impressionante de sorvete, calda de chocolate, farofa doce e chantili. A unidade da Consolação, na Rua Fernando de Albuquerque, fechou no início deste mês.

    Preços checados em 14 de junho de 2016.

    Saiba mais
  • Cantina / Trattoria

    Taormina

    Alameda Itu, 251, Cerqueira César

    Tel: (11) 3253 6049

    VejaSP
    12 avaliações

    Nesta acolhedora casa dedicada apenas aos almoços, a fórmula é invariável. Há um menu completo com antepasto, prato principal, fruta de sobremesa e café acompanhado de um delicioso cannolo, o único item que permanece fixo na sequência. Quem toma conta de tudo é a proprietária e responsável pela cozinha Helena Maria Zamperetti Morici. Na seleção de receitas escaladas por ela, em especial as sicilianas, podem aparecer o fusilli ao molho de calabresa com ricota seca defumada e o sofiotti negro de tinta de lula com recheio de frutos do mar. Também aparece entre os antepastos a caponata de berinjela. De segunda a quinta, custa R$ 49,90 ou R$ 52,90 (massa recheada); na sexta, R$ 49,90, R$ 52,90 ou R$ 54,90 (com frutos do mar); aos sábados, domingos e feriados, o preço sobe para R$ 73,90.

    Preços checados em 21 de junho de 2016.

    Saiba mais
  • Árabes

    Tenda do Nilo

    Rua Coronel Oscar Porto, 638, Paraíso

    Tel: (11) 3885 0460

    VejaSP
    10 avaliações

    Guarde duas datas especiais: a Páscoa e o Natal. Só nessa época o pitoresco restaurante prepara o mamul. O delicioso bolinho recheado fica muito melhor na sua versão de nozes. Espremido em uma esquina do Paraíso, o minúsculo salão serve uma comida que quase sempre nos leva ao céu. É o caso das pastas muhamara (R$ 34,00), feita de pimentão vermelho com um delicioso toque de nozes, e o imbatível babaganuche (R$ 32,00), o conhecido creme de berinjela. Pule, porém, a coalhada seca (R$ 29,50) quase sem acidez e o homus (R$ 29,50), que vez ou outra vem com um toque a mais de alho. Infelizmente, as esfihas desapareceram da cozinha, deixando o cardápio desfalcado. Essa ausência pode ser compensada de alguma forma com um dos bons quibes fritos (R$ 8,50 a unidade) da cidade. Ele traz bastante cebola no recheio, o que lhe confere um sabor leve e discretamente adocicado. O fatte (R$ 69,50), combinação de carne em pedaços, grão-de-bico e pão árabe torrado cobertos por coalhada seca com alho e xerém fritos na manteiga, continua a pedida entre os pratos principais. Bônus extra é a simpatia das proprietárias, as irmãs Olinda e Xmune Isper, a primeira responsável pelo atendimento e a segunda, pela cozinha.

    Preços checados em 28 de junho de 2016.

    Saiba mais
  • Asiáticos

    Tian

    Rua Manuel Guedes, 499, Jardim Europa

    Tel: (11) 2389 9399

    VejaSP
    10 avaliações

    Não é difícil identificar o endereço na Rua Jerônimo da Veiga. Basta notar o tuk-tuk, uma moto adaptada na forma de um pequeno veículo, estacionado logo em frente ao lugar. Montado pelo empresário Cyro Sá e sua mulher, a tailandesa Marina Pipatpan, o restaurante investe em receitas do Sudeste Asiático e do Extremo Oriente. As pedidas aparecem em pequenas porções, a maioria na faixa dos R$ 30,00, próprias para ser compartilhadas no centro da mesa. Recente inclusão no cardápio, o arroz grudadinho misturado a bacon e kimchi (acelga coreana fermentada e picante) chega apetitoso, com um ovo frito de gema molinha e lascas de alga seca. Custa R$ 39,00. Tão bom quanto, o szechuan chicken (R$ 32,00) combina pedaços de peito de frango a batata, pimentão e gergelim. Outra boa opção é o clássico pad thai (R$ 39,00), macarrão de arroz enriquecido por frango, camarão, broto de feijão, molho de tamarindo, limão, cebolinha e amendoim. Encerre com estilo: peça o trio de creme brûlé (R$ 25,00), nos sabores capim-limão, gengibre e chá.

    Preços checados em 29 de junho de 2016.

    Saiba mais
  • Brasileiros

    Xopotó

    Rua Santa Justina, 639, Vila Olímpia

    Tel: (11) 3849 1267 ou (11) 3044 3408

    VejaSP
    5 avaliações

    A hospitalidade mineira dialoga com o imóvel simples, por onde se espalham mesas de madeira e cortinas de crochê. Pratos como o chamado de sul de minas (R$ 93,90, para dois) fazem a clientela se sentir em casa. Tanto o arroz quanto o tutu de feijão que acompanham o frango ensopado com quiabo são servidos em panela. As guarnições incluem ainda angu e couve refogada ao alho. Completa o clima familiar o tamanho das porções: embora sugeridas para duas pessoas, podem satisfazer até três apetites. De terça a sexta, serve pratos individuais, caso do lombo mais feijão tropeiro, couve, torresmo e arroz (R$ 28,60). Dos tira-gostos, o bolinho de mandioca com queijo (R$ 29,10, dez unidades) peca pela fritura pouco crocante. Ficou em dúvida sobre qual sobremesa pedir? Vá de quarteto mineiro, composto de doces de leite e abóbora com coco, goiabada cremosa e figo em calda mais queijo branco (R$ 12,90). Café coado à mesa arremata (R$ 4,30). 

    Preços checados em 13 de julho de 2016.

    Saiba mais
  • Japoneses

    Yakitori

    Avenida dos Carinás, 93, Moema

    Tel: (11) 5044 7809

    VejaSP
    1 avaliação

    Pule a parte do cardápio dedicada aos fracos sushis e sashimis para investir no que interessa: os espetinhos de frango, conhecidos por yakitori. Da churrasqueira montada na entrada do salão vem pedidas como o fígado (R$ 7,10), a pele crocante e dourada (o mesmo preço) e também um item raro por aqui mas muito comum no Japão: a cartilagem da coxa com um pouco de carne (R$ 8,25). Na linha das invencionices, o menu inclui também receitas árabes orientalizadas, como a cafta (R$ 13,00) enrolada na folha de shissô, o chamado manjericão oriental, e o caprichado charuto de carne no oden (R$ 10,80), caldo de peixe com shoyu. A vantagem está principalmente nos preços camaradas deste restaurante que passou por uma reforma e dobrou de tamanho em fevereiro (2015). Diariamente no almoço, inclusive aos sábados e domingos, há opções de refeições completas, os teishokus, com preço entre R$ 41,00 a R$ 77,00. O frango aparece mais uma vez como o toriyaki (R$ 41,00), na forma de cubos grelhados sobre arroz junto dos acompanhamentos missoshiru, picles de pepino e chawan mushi, o flã de ovos salgado. Todo primeiro domingo do mês, a casa permanece fechada.

    Preços checados em 6 de julho de 2016.

    Saiba mais

Fonte: VEJA SÃO PAULO