PF

Restaurantes badalados servem prato feito no almoço

A brasileiríssima combinação de arroz com feijão aparece em versões incrementadas no menu do AK Vila, Brasil a Gosto e Bar da Dona Onça, entre outros que fazem PF

Por: Sophia Braun - Atualizado em

Dalva e Dito - PF
Dalva e Dito: prato feito com a assinatura de Alex Atala (Foto: Divulgação)

Arroz, feijão, bife, salada e farofa. Combine todos os ingredientes, adicione ainda ovo frito ou macarrão, e você terá um clássico prato feito.

Popular no cardápio dos botequins, esse modelo de refeição trivial ganhou releituras cheias de pompa nas mesas de alguns restaurantes da cidade.

Imagine pedir um PF em pleno Dalva e Dito, nos Jardins, casa de culinária brasileira do premiado Alex Atala?

Pois na hora do almoço, o chef propõe um menu composto de salada, arroz branco, feijão do dia, batatas crocantes, couve manteiga e farofa mais uma carne, que pode ser filé-mignon, galeto assado na “televisão de cachorro”, pernil de porco, costelinha suína ou um peixe.

O preço, por sua vez, não é tão simples quanto a comida: custa R$ 66,00.

Chez Lorena - Picadinho
Chez Lorena: picadinho com vegetais, arroz-cateto integral, couve, farofa e banana na chapa (Foto: Divulgação)

Quem busca alternativas menos salgadas encontra duas opções atraentes no Chez Lorena e no Chez Mis, comandados por Leo Botto.

O arroz com paio, carne-seca, cebola-roxa, tomate, couve e queijo meia cura custa R$ 21,00. Já o picadinho de filé-mignon (R$ 24,00) ganha a companhia de vegetais, arroz-cateto integral, couve rasgada, farofa e banana na chapa.

Ficou com água na boca? Então conheça mais cinco cozinhas badaladas que servem versões de prato feito:

AK Vila: a chef Andrea Kaufmann propõe de segunda a sexta uma composição de grelhado, arroz, feijão, legumes e salada (R$ 36,00). Além de bife ancho, hambúrguer e galeto também é possível optar por berinjela como elemento principal.

Bar da Dona Onça: os pratos feitos são servidos diariamente e fazem parte do cardápio fixo do bar-restaurante. Os clientes escolhem o principal e recebem de acompanhamento arroz, feijão e couve refogada. Peixe frito, omelete de queijo e tomate, paillard de frango ou bife acebolado saem por R$ 36,00. A carne moída refogada com azeitonas e ovo cozido custa R$ 34,00.

Brasil a Gosto - PF
Brasil a Gosto: virado à paulista servido sempre às terças (Foto: Patricia Cecatti)

Brasil a Gosto: as viagens da chef Ana Luiza Trajano refletem em suas receitas. Além do menu executivo, ela serve “boias quentes” no almoço. Como o restaurante não abre às segundas, o virado à paulista (R$ 49,00) entra em cartaz sempre às terças. Aos sábados, o prato do dia é a boia nordestina, composta de carne-seca desfiada, farinha de Cruzeiro na manteiga de garrafa, purê de abóbora e arroz (R$ 61,00).

Ritz: servido nas três unidades do restaurante sempre às quartas e aos sábados (incluindo no delivery), o prato feito tem lembra comida de mãe e inclui pastéis, arroz, feijão, couve e farofa (R$ 46,20).

Tavares: esse misto de restaurante e café serve duas opções de PF diariamente, apenas no almoço. Um deles compõe-se de arroz, feijão, bife acebolado ou frango, batata chips e salada de tomatinhos (R$ 29,00). Quem preferir uma versão mais leve, encontra o prato de frango orgânico mais arroz integral e salada verde (R$ 30,00).

Fonte: VEJA SÃO PAULO