Dia da Independência

Trinta restaurantes de cozinha brasileira

No feriado de 7 de setembro, um giro gastronômico pela culinária de nosso país

Por: Leonam Bernardo - Atualizado em

Tordesilhas tem pirarucu entre os destaques
Tordesilhas tem pirarucu entre os destaques (Foto: Marcos Issa)

Para celebrar o Dia da Independência, que tal programar o almoço ou o jantar em um restaurante de culinária tipicamente brasileira? A seguir, veja trinta sugestões por toda a cidade. O giro gastronômico reúne dicas de sabores da cozinha mineira, amazônica, nordestina e até goiana.

+ O que fazer no feriado de 7 de setembro

  • Brasileiros

    Tordesilhas

    Alameda Tietê, 489, Jardim Paulista

    Tel: (11) 3107 7444

    VejaSP
    9 avaliações

    Há quase três décadas Mara Salles não erra a receita. A chef e dona do Tordesilhas exibe os predicados logo na comissão de frente (R$ 42,00, para dois), uma combinação de quitutes, entre eles pastel de camarão e abobrinha-brasileira marinada. Clássico da culinária do Espírito Santo, a moqueca capixaba pode ser encontrada numa versão vegetariana de banana-da-terra (R$ 55,00). O sertão nordestino aparece na carne-seca com baião de dois, abóbora assada e vinagrete de maxixe (R$ 65,00).

    Preços checados em setembro/outubro de 2016.

    Saiba mais
  • Brasileiros

    Brasil a Gosto

    Rua Professor Azevedo Amaral, 70, Jardim Paulista

    Tel: (11) 3086 3565

    8 avaliações
  • Brasileiros

    Consulado Mineiro I

    Praça Benedito Calixto, 74, Pinheiros

    Tel: (11) 3064 3882

    VejaSP
    9 avaliações

    Sem frescura alguma, o trio de casas é frequentado por gente interessada nos generosos pratos da culinária de Minas Gerais. São receitas para duas pessoas que servem até três bons garfos, caso do lombo à brasileira (R$ 95,00), carne suína assada com batata frita, banana à milanesa, arroz, farofa e tutu de feijão. Outra possibilidade, a feijoada salpicada de cebolinha (R$ 99,00) está presente de terça a domingo, coisa rara na cidade. Só não compensa na sobremesa pedir a torta de coco de massa bem grossa (R$ 10,50).

    Preços checados em setembro/outubro de 2016.

    Saiba mais
  • Brasileiros

    Dalva e Dito

    Rua Padre João Manuel, 1115, Jardim Paulista

    Tel: (11) 3068 4444

    VejaSP
    21 avaliações

    Nesta casa de Alex Atala, do premiado D.O.M., quem cuida do dia a dia da cozinha é o chef Elton Junior. Deliciosos, os pastéis de vatapá e camarão (R$ 27,00) poderiam ter uma quantidade menos tímida de recheio. Amparado por torradas, o ótimo vinagrete de polvo (R$ 45,00) é uma pequena festa do mar. Um dos pratos mais antigos do cardápio, o porco na lata vem na companhia de purê de batata aromatizado com pequi (R$ 79,00). Adoce o final com o pouco açúcar da torta de chocolate com um toque discreto de cumaru e sorbet de frutas vermelhas (R$ 28,00).

    Preços checados em setembro/outubro de 2016.

    Saiba mais
  • Bom e barato / Brasileiros

    Mocotó

    Avenida Nossa Senhora do Loreto, 1100, Vila Medeiros

    Tel: (11) 2951 3056

    VejaSP
    36 avaliações

    Quem sente saudade dos preços de antigamente pode se assustar ao consultar o cardápio atual do chef Rodrigo Oliveira. Quando foi eleito o melhor bom e barato pela primeira vez, em 2008, o restaurante cobrava só R$ 16,90 pela carne de sol com pimenta-biquinho. Hoje, são R$ 49,90. O reajuste acompanhou a badalação crescente em torno do endereço na Vila Medeiros, é verdade, mas os novos valores ainda não chegam ao patamar dos praticados pelos concorrentes. Resultado? A casa volta ao pódio neste ano com o melhor custo-benefício da cidade. Conselho amigo: como os pratos são fartos e vai dar vontade de provar tudo, programe a visita com um grupo grande, compartilhe as receitas e rache a conta.

    Preços checados em setembro/outubro de 2016.

    Saiba mais
  • Brasileiros

    As Mineiras

    Rua França Pinto, 965, Vila Mariana

    3 avaliações
  • Brasileiros

    Amazônia

    Rua Rui Barbosa, 206, Bela Vista

    Tel: (11) 3142 9264

    VejaSP
    2 avaliações

    O proprietário, Paulo Leite, adora caminhar pelo salão e explicar aos clientes os sabores da cozinha paraense. Montado apenas aos sábados e domingos no almoço, o bufê de sete especialidades oferece um panorama dessa culinária aos iniciantes (R$ 75,00), mas o visual dos aparadores não chega a empolgar. Disponível diariamente, a lista de pedidas à la carte mostra-se mais atraente. Peça a apetitosa casquinha de caranguejo (R$ 23,00) para começar, coberta por bastante farinha de mandioca amarela. Para ser tomado direto na cuia, o caldo tacacá (R$ 21,00) leva tucupi (sumo da mandioca brava), goma de tapioca, camarão seco e jambu, vegetal de efeito anestésico. Continue com a maniçoba (R$ 62,00 para dois), receita que lembra a feijoada, composta de folhas de mandioca cozidas por um longo período, carnes e embutidos. Na sobremesa, tapioca em duas versões: no sorvete da marca paraense Cairu (R$ 12,00) e no pudim salpicado de pedacinhos crocantes do ingrediente (R$ 12,00).

    Preços checados em 31 de maio de 2016.

    Saiba mais
  • Brasileiros

    Amigos do Picuí - Lapa

    Rua Clélia, 1017, Água Branca

    Tel: (11) 3673 4085

    2 avaliações

    O cardápio dessas casas bem simples põe a carne de sol em primeiro plano. Ela surge na forma de bifes no completão, acompanhados de arroz, feijão-verde, fritas, vinagrete, farofa, purê e mandioca frita.

    Saiba mais
  • Brasileiros

    Andrade

    Rua Artur de Azevedo, 874, Pinheiros

    Tel: (11) 3064 8644 ou (11) 3085 0589

    2 avaliações

    Parte dos visitantes está mais interessada na música nordestina, ao vivo, do jantar do que no cardápio. Depois de queimar calorias na pista, recupere todas elas com a carne de sol acompanhada de macaxeira, jerimum e batata-doce.

    Saiba mais
  • Brasileiros

    Badejo

    Alameda Dos Jurupis, 813, Indianópolis

    Tel: (11) 5055 0238

    VejaSP
    14 avaliações

    Criado na década de 90, mantém o salão de jeitão antigo com ar familiar, quase sempre com crianças no cadeirão acompanhadas dos pais. Um petisco praiano benfeito é aisca de badejo frita para mergulhar no molho tártaro (R$ 56,00). O mesmo peixe é usado na moqueca capixaba (preparada sem dendê, leite de coco nem pimentão) acrescida de camarão-rosa (R$ 218,00) ou banana-da-terra (R$ 159,00), sempre para duas pessoas. Em todos os casos, a receita fumegante chega à mesa numa panela de barro preta com acompanhamento de arroz branco, pirão e farofa de banana.

    Preços checados em setembro/outubro de 2016.

    Saiba mais
  • Brasileiros

    Bananeira

    Rua Marechal Hastinfilo de Moura, 417, Morumbi

    Tel: (11) 3502 4635 ou (11) 3542 4630

    VejaSP
    2 avaliações

    Não há economia de camarão no cardápio deste restaurante de ares praianos em pleno Morumbi. O crustáceo aparece como entrada num espetinho de banana-da-terra (às vezes tostada demais) e pimenta-biquinho, por R$ 29,00. Combinação bem mais acertada é a moqueca de pescada mais camarão caprichada na quantidade de leite de coco e fitas da fruta (R$ 160,00, para dois). Arroz branco soltinho e farofa de dendê completam o prato. Outras duas pedidas brasileiras: o bufê de feijoada montado nos sábados (R$ 75,00) e o galeto com queijo de coalho (R$ 49,00).

    Preços checados em setembro/outubro de 2016.

    Saiba mais
  • Brasileiros

    Bargaço (mudou de nome para Manzuá)

    Rua Oscar Freire, 1189, Cerqueira César

    5 avaliações
  • Brasileiros

    Barra Baiana

    Rua Traipu, 156, Pacaembu

    Sem avaliação
  • Brasileiros

    Bolinha

    Avenida Cidade Jardim, 53, Jardim Europa

    Tel: (11) 3061 2010

    VejaSP
    9 avaliações

    Exceto nas segundas, quando a casa não funciona, em todos os outros dias a feijoada está sempre pronta e chega à mesa praticamente ao mesmo tempo do pedido. Trazida numa jarrinha congelada, a cachaça com suco de limão amarga na boca, mas abre o apetite para o caldinho de feijão gordo, servido na xícara. Se falta capricho na couve às vezes passada demais, a fartura dos outros acompanhamentos, como banana à milanesa, linguiça e bisteca suína dourada nas bordas, compensa. O feijão-preto com os pertences pode ser magro ou gordo: nos dois casos, pagam-se R$ 99,00, durante a semana, e R$ 125,00, nos sábados e domingos.

    Preços checados em setembro/outubro de 2016.

    Saiba mais
  • Brasileiros

    O Caipira

    Rua Amazonas Da Silva, 21, Vila Guilherme

    Tel: (11) 2905 4455

    3 avaliações

    Suas especialidades mineiras e paulistas em bufê (R$, 49,90; segunda a sexta) variam de costelinha a feijão-tropeiro. Aos sábados no almoço, domingos e feriados já inclui sobremesas (R$ 68,00).

    Preços checados em 13 de julho de 2016.

    Saiba mais
  • Brasileiros

    Capim Santo

    Alameda Ministro Rocha Azevedo, 471, Cerqueira César

    Tel: (11) 3089 9500

    VejaSP
    13 avaliações

    Precedida por um belo jardim, a casa da chef Morena Leite, sócia também da rede Santinho, tem um cardápio em constante mutação. Em vez do couvert, confira a degustação de petiscos com oito pares de salgadinhos (R$ 53,00). Inclui pequenas tentações como o minichurro de tapioca recheado de vatapá. A cozinheira apresenta sua versão do tradicional picadinho de carne com farofa de ovo e aligot de tapioca (R$ 56,00), um creme de queijo com o derivado da mandioca. Melhor ainda, o robalo na brasa vem no molho de limão-cravo com minilegumes (R$ 89,00). Perfumado por aridan, uma fava de origem africana, o pudim de caramelo (R$ 19,00) é um bom fecho. O almoço, sempre em bufê, tem preço fixo de R$ 63,00 (terça a sexta) e R$ 96,00 (sábados, domingos e feriados).

    Preços checados em setembro/outubro de 2016.

    Saiba mais
  • Brasileiros

    Colher de Pau

    Rua Doutor Mário Ferraz, 563, Itaim Bibi

    Tel: (11) 3079 3087 ou (11) 3168 8068

    VejaSP
    2 avaliações

    Reduto de endereços pomposos do Itaim, a Rua Doutor Mário Ferraz foi escolhida por esta casa de matriz em Fortaleza, no Ceará, para abrigar sua filial de salão e atendimento mais despretensiosos. Agrada em cheio ao público que procura receitas bem encorpadas, entre elas a moqueca de camarão ao tempero de dendê e leite de coco com arroz branco e pirão de acompanhamento, por R$ 153,90, e a travessa de lagosta mais camarão e peixe da época ao cremoso molho branco com banana frita gratinada mais arroz, a R$ 211,40. Há poucas opções sem frutos do mar, caso do escondidinho de carne de sol (R$ 102,75) e da galinha caipira ensopada com batata e cheiro-verde (R$ 79,10). Pratos para dois.

    Preços checados em 1º de julho de 2015.

    Saiba mais
  • Brasileiros

    O Compadre

    Avenida Otto Baumgart, 500, Vila Guilherme

    Tel: (11) 2252 3131

    VejaSP
    2 avaliações

    Não há programa mais família do que escolher itens de decoração para casa. Por estar dentro de um shopping do gênero, o restaurante segue a mesma linha, com crianças correndo pelo salão decorado como uma cozinha do interior. Valem a pena no bufê (R$ 75,90 durante a semana; R$ 85,90 nos sábados e domingos) o quiabo refogado em rodelas bem verdinhas, o pernil (brilhante de gordura, mas saboroso) e a farofa com salsinha. Quem aprecia uma massa al dente pode pular o balcão com espaguete e afins, todos cozidos demais. Melhor investir depois em doces como a banana caramelada, inclusa no preço.

    Preços checados em setembro/outubro de 2016.

    Saiba mais
  • Brasileiros

    Consulado da Bahia

    Rua dos Pinheiros, 534, Pinheiros

    Tel: (11) 3085 3873

    VejaSP
    14 avaliações

    Começar com um acarajé é sempre uma boa ideia nesta casa de alma baiana e jeitão botequeiro. O quitute pode vir na versão grande (R$ 16,00) ou em porção de quatro unidades pequenas (R$ 37,00). Em seguida, escale uma das moquecas para dois, entre elas a de dourado (R$ 130,00) e a de siri catado (R$ 132,00). Durante a semana até as 15h30, compensa pedir as versões individuais que custam de R$ 44,00 a R$ 51,00. Outra opção, o arrumadinho (R$ 94,00 para dois) traz carne de sol, banana-da-terra, farofa de feijão-de-corda e arroz.

    Preços checados em setembro/outubro de 2016.

    Saiba mais
  • Brasileiros

    Dona Lucinha

    Avenida Chibarás, 399, Moema

    Tel: (11) 5051 2050

    VejaSP
    6 avaliações

    É a chef e proprietária Elzinha Nunes quem costuma recepcionar a clientela nos fins de semana e sugerir: “Prove a linguiça grelhada”. Disponível no bufê de almoço (R$ 49,00 entre terça e sexta; R$ 62,90 nos sábados, domingos e feriados), o embutido é servido com molho de rapadura. Uma delícia. Na seção chamada cozinha da fazenda, surgem hortaliças como jiló para guarnecer o frango com quiabo e a canjiquinha. A ala de cozinha tropeira pode trazer carne de panela bem temperada e moela, vez ou outra salgada demais. Incluída no preço, a mesa de sobremesas é um convite a enfiar o pé na jaca com ambrosia, doce de batata-doce-roxa...À noite, quando o movimento é mais tranquilo, há apenas opções à la carte.

    Preços checados em setembro/outubro de 2016.

    Saiba mais
  • Brasileiros

    Empório Nordestino

    Largo da Matriz de Nossa Senhora do Ó, 144, Freguesia do Ó

    Tel: (11) 3931 3101

    VejaSP
    1 avaliação

    O casarão do século XIX, bem próximo ao bar Frangó, é o lugar onde saborear uma boa carne de sol. A pedida sertaneja vem na forma de uma peça alta de contra-filé passada pela brasa (R$ 85,00, para duas pessoas), firme e úmida na medida. As guarnições — arroz, vinagrete, feijão--verde, purê de mandioca e paçoca de carne— vão direto à mesa no jantar. No almoço, ficam dispostas em bufê. Só deixe de lado o escondidinho de bacalhau (R$16,50), que pode chegar branquelo e cheio de líquido no fundo da tigela. Ao meio-dia, versões menores dos pratos do cardápio são oferecidas a vantajosos R$ 26,90.

    Preços checados em setembro/outubro de 2016.

    Saiba mais
  • Brasileiros

    Emprestado

    Rua Mourato Coelho, 992, Pinheiros

    Sem avaliação
  • Brasileiros

    Feijoada da Lana

    Rua Aspicuelta, 421, Vila Madalena

    Tel: (11) 3034 4770 ou (11) 3814 9191

    VejaSP
    4 avaliações

    A pedida de boas-vindas nesta casa simples de especialidade única deixa a desejar: o caldinho de feijão gorduroso demais precisa de uma dose de cebolinha e pimenta para ganhar frescor. Expostas na mesa central do salão, panelas de barro guardam o feijão-preto com pertences separados, como carne-seca cortada em pedaços grandalhões, linguiça, lombo... Frituras como mandioca não fazem parte da seleção durante a semana, quando a iguaria custa R$ 49,00. O preço vai para R$ 84,00 nos sábados e domingos. Como tornar a vida mais feliz na saída: com um quindim bem doce (R$ 11,00).

    Preços checados em setembro/outubro de 2016.

    Saiba mais
  • Brasileiros

    Galinhada do Bahia

    Rua Azurita, 46, Canindé

    Tel: (11) 3315 8614

    VejaSP
    Sem avaliação

    Parece um boteco nordestino — tanto no jeito do salão, instalado dentro de uma vila mal pavimentada (mulheres, esqueçam o salto alto), quanto nas pedidas do cardápio. De segunda a sexta, há um bufê por R$ 26,00. Mas o modo mais usual de provar as comidas típicas é em rodízio. A versão mais barata (R$ 35,00) inclui galinha ensopada, baião de dois beeem salgado, pirão, farofa e uma porção de maxixe, quiabo, jerimum e batata cozidos. Por R$ 65,00, entram na sequência carne de carneiro e buchada de bode. Para a sobremesa, há compotas de caju, jaca e mamão com coco. Cada porção custa R$ 8,00.  

    Preços checados em 25 de maio de 2016.

    Saiba mais
  • Brasileiros

    Graça Mineira - Vila Mariana

    Rua Machado Bitencourt, 75, Vila Mariana

    Tel: (11) 5579 9686

    VejaSP
    10 avaliações

    Quando a escolha é por um restaurante mineiro, o apetite deve estar preparado para pedidas mais pesadas. De entrada, uma porção sortida de frituras mistura pastéis e bolinhos de mandioca (a melhor parte) e de arroz, por R$ 28,90. No almoço durante a semana, vale a pena pedir versões individuais dos pratos regulares. Entre as variações do mesmo tema há o mexida mineira, com arroz, feijão, carne de sol, ovo, couve e tutu com torresmos gigantes no topo (R$ 26,90) e o lombo com tropeiro, salada e polenta frita (R$ 26,90). O mix de sobremesas como cocada, goiabada e doce de abóbora (R$ 14,90) compensa o crime.

    Preços checados em setembro/outubro de 2016.

    Saiba mais
  • Brasileiros

    Rancho Goiano

    Rua Rocha, 112, Bela Vista

    Tel: (11) 3289 5146

    1 avaliação

    Cai bem o empadão goiano, um cozido de frango desfiado, costelinha de porco, rodelas de linguiça, queijo, ovo e guariroba, o palmito amargo. Ele vem coberto por uma massa espessa e guarnecido de arroz. Porções para partilhar.

    Saiba mais
  • Brasileiros

    Sobaria

    Rua Áurea, 343, Vila Mariana

    Tel: (11) 5084 8014

    13 avaliações

    Um dos raros representantes da culinária do Centro-Oeste na cidade traz pratos típicos de Mato Grosso do Sul. Entre as sugestões principais, o pintado ao forno vem regado ao molho de urucum (R$ 62,00).

    Preços checados em 16 de maio de 2016.

    Saiba mais
  • Brasileiros

    Tempero das Gerais

    Rua Princesa Isabel, 385, Brooklin Paulista

    Tel: (11) 5093 9950

    VejaSP
    1 avaliação

    Só pelo tamanho das porções, é possível saber que se trata de um restaurante de comida mineira. Para dar conta dos pratos nas versões inteiras, seria preciso um batalhão de amigos ou familiares. Uma opção de entrada mista combina costelinha de porco e uma série de frituras: linguiça, polenta, mandioca pura e na forma de um bolinho recheado de queijo cremoso. Custa R$ 47,90. Para um casal, não é preciso mais do que meia-porção (R$ 29,00). A receita chamada gostinho de minas (R$ 72,90) traz uma moranga com pernil, quiabo mais tutu, couve e arroz. Se sobrar comida, não se acanhe em pedir uma embalagem para viagem. Pratos para dois. Na unidade da Rua Princesa Isabel, 226, o almoço durante a semana, exceto às terças, é exclusivamente em bufê (R$ 32,90).

    Preços checados em 12 de julho de 2016.

    Saiba mais
  • Brasileiros

    Vila das Meninas

    Rua Padre Carvalho, 139, Pinheiros

    Tel: (11) 3037 7773 ou (11) 2364 2122

    VejaSP
    3 avaliações

    A ideia é sentir-se em casa. Para chegar ao salão, é preciso caminhar por um corredor e um quintal decorado com plantas. Tanta familiaridade, porém, tem seu revés. A brigada fica tão à vontade que, mesmo antes de o último cliente ir embora, já começa o bochicho de fim de expediente. Opções simples, como o bife de filé-mignon com batata frita (R$ 55,00), vão bem. Já o risoto de camarão ao queijo mascarpone (R$ 52,00) fica pesado demais. A entrada de folhado de cebola ao vinho do Porto com queijo emmental (R$ 35,00 a porção de sete unidades) é uma delícia. Caseirinha, a musse de chocolate coberta por creme de maracujá (R$ 26,00) encerra a refeição com iguais proporções de doçura e acidez.

    Preços checados em 3 de maio de 2016.

    Saiba mais
  • Brasileiros

    Xopotó

    Rua Santa Justina, 639, Vila Olímpia

    Tel: (11) 3849 1267 ou (11) 3044 3408

    VejaSP
    6 avaliações

    A hospitalidade mineira dialoga com o imóvel simples, por onde se espalham mesas de madeira e cortinas de crochê. Pratos como o chamado de sul de minas (R$ 93,90, para dois) fazem a clientela se sentir em casa. Tanto o arroz quanto o tutu de feijão que acompanham o frango ensopado com quiabo são servidos em panela. As guarnições incluem ainda angu e couve refogada ao alho. Completa o clima familiar o tamanho das porções: embora sugeridas para duas pessoas, podem satisfazer até três apetites. De terça a sexta, serve pratos individuais, caso do lombo mais feijão tropeiro, couve, torresmo e arroz (R$ 28,60). Dos tira-gostos, o bolinho de mandioca com queijo (R$ 29,10, dez unidades) peca pela fritura pouco crocante. Ficou em dúvida sobre qual sobremesa pedir? Vá de quarteto mineiro, composto de doces de leite e abóbora com coco, goiabada cremosa e figo em calda mais queijo branco (R$ 12,90). Café coado à mesa arremata (R$ 4,30). 

    Preços checados em 13 de julho de 2016.

    Saiba mais

Fonte: VEJA SÃO PAULO