VALE A VIAGEM

Restaurante em Campinas recria o clima medieval

Além da decoração e dos garçons fantasiados, cardápio adaptado também remete à Idade Média

Por: Nicole Dib - Atualizado em

Restaurante Milord Taverna - fachada
A entrada: 500 000 reais investidos no negócio (Foto: Alexandre Battibugli )

Em sinal de reverência, moças de vestido longo curvam-se na direção dos visitantes. A chegada ao sobrado de paredes de pedra do restaurante Milord Taverna, instalado numa rua estreita em Campinas, a 100 quilômetros da capital, tem um clima de Idade Média. Completam a atmosfera (planejada em detalhes) a iluminação com velas, escudos, bandeiras e cabeças de animais empalhadas. A inspiração veio de uma colcha de retalhos que incluid os livros fantasiosos da coleção Rangers: Ordem dos Arqueiros, do australiano John Flanagan, e da saga O Senhor dos Anéis, de J.R.R. Tolkien, à série Game of Thrones, exibida na casa (num telão bem moderno, é claro), todo domingo, às 22 horas.

Milord Taverna - ambiente do restaurante
Salão: inspirado nas tavernas da Idade Média (Foto: Alexandre Battibugli )

+ Casa Cor chega à trigésima edição com setenta ambientes

Em cima das mesas, há copos de hidromel, um fermentado à base de água e mel (42 reais a moringa de 600 mililitros) com sabor peculiar, bem adocicado. O cardápio foi criado pelo chef de 27 anos Argus Castilho. Ele serve o javali assado com purê de batata e espiga de milho numa bandeja retangular de cerâmica marrom por 116 reais, para duas pessoas. A combinação está longe de ser fiel à receita original. “A preparação de purê de batata não existia naquela época”, explica João Luiz Maximo da Silva, professor de história da gastronomia no Senac. “São necessárias adaptações para o século em que vivemos.” Na mesma linha, há modernidades como uma máquina de chope Baden Baden e ar-condicionado (ufa!).

Chef Argus Castilho - restaurante Milord Taverna
Chef Argus Castilho: javali assado e hidromel no menu (Foto: Alexandre Battibugli)

+ X Men: mostra reúne objetos e figurinos usados na série

À frente do estabelecimento, inaugurado no fim de janeiro, estão os produtores de eventos Fernando Demonte e Alexsandro Matos. Em 2013, eles participaram da organização da 1ª Feira Medieval Europeia de Campinas, com batalhas ensaiadas,músicas e danças típicas. Deu certo, e a dupla decidiu investir 500 000 reais para levar esse mesmo clima à gastronomia. “O público que curte essa cultura é muito grande por aqui”, afirma Demonte. Por mês, ele e Matos servem até 3 000 clientes, com um tíquete médio de 60 reais por pessoa. 

› Milord Taverna. Rua Sacramento, 367,Vila Itapura, Campinas, ☎ (19) 3308-2014.

Fonte: VEJA SÃO PAULO