Árabes - Especiais

Restaurant Week: Arábia e Farabbud apresentam cozinha árabe

Não vai faltar coalhada seca, homus e esfihas no São Paulo Restaurant Week, que ocorre até o dia 14 de março

Por: Daniel Ottaiano - Atualizado em

topo_Restaurant Week
(Foto: Arte VEJA SP Online)

Não vai faltar coalhada seca, homus e esfihas no São Paulo Restaurant Week, que ocorre até o dia 14 de março. As casas Arábia e Farabbud são as representantes da cozinha árabe no evento.

Confira abaixo os participantes, seus cardápios e horários de funcionamento; e visualize as regiões no mapa:

  • Árabes

    Arábia - Cerqueira César

    Rua Haddock Lobo, 1397, Jardim Paulista

    Tel: (11) 3061 2203

    VejaSP
    7 avaliações

    O mais charmoso endereço de culinária libanesa da cidade tem salão com pé-direito alto e um belo jardim de inverno nos fundos do estabelecimento. É nesse ambiente que podem ser saboreadas receitas como a esfiha aberta de carne (R$ 6,80) e a deliciosa salada fatuche (R$ 51,00), que, além do mix de folhas com pão árabe, inclui sementes de romã. Não pule os espetos, como a cafta (R$ 46,00) e o michui de frango (R$ 54,00), ambos ricos em tempero. Na orquestração da cozinha e da administração está o casal de sócios Leila e Sergio Kuczynski.

    Preços checados em setembro/outubro de 2016.

    Saiba mais
  • Árabes

    Farabbud

    Alameda dos Anapurus, 1253, Moema

    Tel: (11) 5054 1648

    VejaSP
    4 avaliações

    Apertadinho, o restaurante aprendeu a otimizar o salão para acolher a clientela numerosa. Nos fartos combinados, também há aproveitamento de espaço do prato. O chamado randa (R$ 60,00) inclui um filé de pintado com salada fatuche à moda da casa com rabanete, cebola, melaço de romã e summac, batata ao murro e molho de gergelim. O manish (R$ 59,00) leva espeto de filé-mignon, arroz com carne moída, peito de frango desfiado (um tanto seco), uva-passa e castanha-de-caju. No fim, ache um restinho de apetite para o obrigatório (e ultra-doce) chocolamour, por R$ 27,00.

    Preços checados em setembro/outubro de 2016.

    Saiba mais

Fonte: VEJA SÃO PAULO