GENTE

Repórter da Record é achado morto

Suspeita é que jornalista, que fazia tratamento contra depressão, tenha cometido suicídio 

Por: Veja São Paulo - Atualizado em

Renato Soares
Renato Soares: morte precoce (Foto: Reprodução)

O jornalista Renato Soares, de 31 anos, da Rede Record, foi encontrado morto na tarde de segunda (28) em Curvelo, cidade a 170 quilômetros de Belo Horizonte. A polícia local acredita em suicídio. Ele teria pulado da janela de um prédio na região central da cidade.

+ Jô se emociona ao abrir última temporada de seu programa

Em setembro do ano passado, Soares chegou a ficar desaparecido por 52 horas - ele foi achado no centro de Belo Horizonte.

O jornalista, que também trabalhou na Rede Globo, fazia tratamento contra depressão. Segundo a Record, o repórter estava afastado de suas funções na emissora desde o desaparecimento para dar continuidade ao tratamento.

Em sua conta no Twitter, Gustavo Paulus, diretor da Record Minas, onde Soares trabalhava, lamentou a morte do colega. “Acabo de receber a notícia que o repórter Renato Soares faleceu há pouco. Nossos sentimentos a família... Forças neste momento de dor”.

+ Confira as últimas notícias da cidade

Nas redes sociais, internautas e colegas também comentaram ao morte do rapaz. "Descanse em paz, Renato Soares. Voz maravilhosa, profissional ímpar. Brilhou na Globo e na Record. Que Deus conforte a todos os seus. Triste", escreveu uma usuária do Twitter. 

Fonte: VEJA SÃO PAULO