Criminalidade

Repórter relata tensão em assalto na Zona Oeste

Jornalista Fabio Pannunzio conta que bala disparada por ladrão passou entre seus cabelos 

Por: Rogério Dias

Fabio Pannunzio
O jornalista Fabio Pannunzio (Foto: Reprodução)

O jornalista Fabio Pannuzio, da Bandeirantes, foi vítima de uma tentativa de assalto na manhão desta segunda, no Real Parque (Zona Oeste).  Em seu perfil no Facebook, Pannunzio relatou os momentos de tensão vividos por volta das 5h, quando três assaltantes abordaram o táxi em que seguia. 

+ STJ nega último recurso de defesa de Elize Matsunaga

Em sua mensagem, ele contou que o motorista do táxi jogou o carro para cima de um dos bandidos, que acabou atirando. A bala atravessou o para-brisa e teria passado rente a cabeça de Pannunzio. "A bala atravessou o parabrisa e passou entre os meus cabelos. Foi por bem pouco mesmo."

Como forma de protesto, o jornalista pediu patrulhamento preventivo nas àreas de risco da cidade: "Compartilho essa experiência aterradora aqui para tentar criar um elemento de pressão que convença o governo do estado a fazer o que tem que ser feito: patrulhamento preventivo nas áreas de risco. Sem isso, a desgraça é apenas uma questão de tempo não tivesse tido tanta sorte, eu agora seria mais um caso a engrossar as estatísticas da secretaria de segurança", descreve o repórter.

12743580_10154507839584119_2604154641079235236_n
Fotos postadas por Fabio Pannunzio em sua rede social (Foto: Reprodução)

O jornalista, que é apresentador substituto de Ricardo Boechat no Jornal da Band e comanda ocasionalmente a mesa do programa Canal Livre, recebeu apoio de colegas de profissão pelo Facebook. 

+ Compra de merenda escolar é suspeita de irregularidades

"Até quando vamos viver assim, Fabio Pannunzio? Com medo, correndo riscos? E sem ações efetivas que matem o vespeiro em vez de jogar inseticida nas vespas aqui e ali? Muita proteção pra você, querido", comentou Gloria Vanique, da Rede Globo. Além de Vanique, a jornalista Carla Vilhena prestou solidariedade por meio da rede social: "Fabio Pannunzio, apresento aqui a solidariedade de quem já ouviu inúmeras histórias como essa aqui na região", conta ela.

Ainda não há informações sobre detidos ou estado de saúde dos envolvidos. 

 

Fonte: VEJA SÃO PAULO