Comportamento

Nove atitudes proibidas para o bom terapeuta

Profissionais apontam o que um especialista sério não deve fazer

Por: Daniel Bergamasco - Atualizado em

  • Voltar ao início

    Compartilhe essa matéria:

  • Todas as imagens da galeria:

■ Ser sempre impontual

■ Passar muito tempo falando de si, em vez de ouvir atento o que o paciente tem a dizer

■ Sair contando quem frequenta seu consultório

+ Conheça as dez aflições paulistanas

■ Atender o celular na sessão, salvo em exceções de grande emergência

■ Repassar os segredos ouvidos

■ Interagir com o cliente no Facebook, como se fosse um amiguinho de infância

■ Xeretar a vida pessoal do analisado e apresentar-se a seus amigos quando o encontrar por acaso em situações fora do consultório, como festas

■ Tentar seduzir quem está no divã

■ Usar do prestígio ou do poder do paciente para obter vantagens pessoais ou profissionais

+ Conheça os profissionais que colaboraram com a reportagem

Fonte: VEJA SÃO PAULO